Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Conheça a obra de Giordano Bruno, que inspirou o “Menino do Acre”

Pensador controverso morreu na fogueira

Por Felipe Sali Atualizado em 4 jul 2018, 20h16 - Publicado em 6 abr 2017, 15h55

A internet o chama de “garoto”, mas Bruno Borges tem 24 anos e é estudante universitário. Ele desapareceu no Acre e só se fala nisso nas redes sociais. Tudo porque, além do mistério do sumiço, Bruno deixou para trás 14 livros criptografados e uma estátua do filósofo e teólogo Giordano Bruno, avaliada em R$ 7 mil.

Aparentemente, a relação entre o menino e o filósofo é um ponto chave da trama. O próprio artista que esculpiu a estátua afirmou categoricamente que Bruno Borges é a reencarnação de Giordano Bruno – e que ele já terminou diversas obras que começou a escrever na sua vida passada.

 

Giordano também foi professor de cosmologia da Universidade de Oxford (Reino Unido) e realizou vários estudos sobre astronomia. Seu livro mais polêmico foi Acerca do Infinito, do Universo e dos Mundos (1584), em que afirmava que o Universo seria infinito e com um número infinito de mundos, todos em sistemas heliocêntricos (ou seja, que têm um sol como centro), com seres inteligentes.

Tais afirmações eram contrárias ao que a Igreja Católica pregava. Por isso, Giordano foi condenado à fogueira pela Inquisição, em Roma, Itália, em 17 de fevereiro de 1600.

 

Principais obras

1582 – O Candeeiro 1

583 – Sigillus sigillorum

1582 – De umbris idearum

Continua após a publicidade

1584 – A ceia das cinzas

1584 – Sobre a causa, princípio e uno

1584 – Acerca do infinito, do universo e dos mundos

1584 – O despacho da fera triunfante

1585 – Sobre os heróicos furores

1586 – A interpretação

1588 – Oração de Despedida

1591 – De minimo

1591 – Da magia

1591 – De monade

1591 – De immenso et innumerabilibus

Continua após a publicidade

Publicidade