Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Qual é a diferença entre a pilha comum e a alcalina?

Toda pilha funciona basicamente convertendo energia química em elétrica. A comum é formada de zinco (em seu pólo negativo) e carbono (no pólo positivo), com ambos os elementos em contato por meio de uma mistura de dióxido de manganês, carbono, cloreto de zinco e amônio. Quando os pólos positivo e negativo são ligados externamente, ocorre […]

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h22 - Publicado em 18 abr 2011, 18h59

Toda pilha funciona basicamente convertendo energia química em elétrica. A comum é formada de zinco (em seu pólo negativo) e carbono (no pólo positivo), com ambos os elementos em contato por meio de uma mistura de dióxido de manganês, carbono, cloreto de zinco e amônio. Quando os pólos positivo e negativo são ligados externamente, ocorre uma reação química em que o zinco libera elétrons que atravessam o circuito externo. “O dióxido de manganês, em contato com o carbono, consome elétrons. Essas transformações químicas produzem uma diferença de potencial elétrico – a voltagem – e, conseqüentemente, energia elétrica”, afirma o engenheiro químico Tibor Rabóczkay, da USP. A pilha alcalina funciona de modo idêntico, só que usando hidróxido de potássio no lugar do cloreto de amônio. Por suas características, essa substância (alcalina, não ácida, daí o nome da pilha) realiza a transferência de elétrons com mais facilidade.

Por isso, armazena uma quantidade maior de energia e dura mais tempo que a pilha comum. Como o hidróxido de potássio é difícil de ser obtido, custa mais caro, o que se reflete no preço da pilha.

Potência máxima
A pilha alcalina conduz a corrente elétrica com mais eficiência e tem vida útil mais longa

O pólo positivo de uma pilha alcalina é recheado de carbono. O negativo possui zinco. Uma mistura de dióxido de manganês, carbono, cloreto de zinco e hidróxido de potássio permite o contato entre os dois pólos

Pilha comum

Quando os pólos são ligados externamente, o zinco libera elétrons que passam pelo aparelho e voltam para a pilha

Pilha alcalina

As substâncias químicas que permitem o contato entre os dois pólos transferem os elétrons com mais facilidade

Continua após a publicidade

Publicidade