GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Microondas para problemas da próstata

Em vez de operar, médicos americanos estão fritando a glândula masculina para reduzir seu tamanho.

Aquecer a próstata até ela encolher – essa é uma nova maneira de tratar o aumento dessa glândula, que ocorre em metade dos homens com mais de sessenta anos. Quando a próstata cresce demais, comprime a uretra e a bexiga (veja o infográfico). Surgem, então, a necessidade de ir freqüentemente ao banheiro, a dor e a dificuldade para urinar. “As microondas diminuem até 30% o tamanho da próstata, sem o risco de impotência oferecido pela cirurgia”, conta o urologista americano Todd Igel, da Clínica Mayo, na Flórida. Há dois meses, a nova terapia foi aprovada pelo governo americano. Um catéter transmissor das microondas é introduzido pela uretra. A temperatura nunca ultrapassa 44 graus Celsius. “O paciente não precisa tomar anestesia” diz Igel. “O tratamento leva apenas 1 hora e depois ele pode ir para casa”.

O calor que cura

As microondas são aplicadas por catéter no órgão dilatado.

A próstata dilatada espreme tudo o que está ao seu redor, a uretra e a bexiga.

Aquecida a 44O Celsius, ela reduz seu tamanho em até 30%.