Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Título de capitalização não é investimento

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 19h05 - Publicado em 6 abr 2012, 22h00

Textos Arthur Albolea

Parece bom negócio. Você compra o papel e concorre todo mês ao sorteio de prêmios que variam de 50 mil a meio milhão de reais. Caso não seja sorteado ao final de um período, tudo bem: recebe o dinheiro de volta, devidamente corrigido. O problema é que o nome “título de capitalização” engana. Faz parecer que você está investindo em seu futuro. E as instituições financeiras que vendem esse produto não se preocupam em evitar a confusão. Na verdade, título de capitalização não é investimento. Trata-se de uma loteria, na qual poucos felizardos ganham.

A chance de ter seu título de capitalização sorteado é de 1 em 75 mil – mais difícil que acertar o primeiro prêmio na loteria federal. E o rendimento proporcionado por ele é mínimo – atrelado à TR (taxa referencial do mercado, calculada pelo Banco Central). Desse valor, ainda é descontada a tarifa de administração, que varia entre 10% e 15%. Ou seja: não é comprando títulos de capitalização que você vai garantir seu futuro.

Para se ter uma ideia de como a rentabilidade dos títulos é baixa, basta compará-los a uma das modalidades de investimentos mais conservadoras, a caderneta de poupança. Na remuneração desse tipo de aplicação incidem a TR mais 6% de juros ao ano. E não há desconto algum. Quem depositou R$ 100 na poupança em janeiro de 2009 tinha R$ 107 ao cabo de 12 meses, contra R$ 100,70 de quem empatou o mesmo dinheiro em títulos de capitalização. Descontada uma taxa administrativa de 10%, o valor resgatado pelo dono dos títulos seria de apenas R$ 90,70 – ou seja, menos do que ele “investiu”.

Continua após a publicidade

 

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.