Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Cientistas criam tinta mais branca do mundo

Ela é capaz de refletir 98% da luz, contra 80% das tintas comuns. E pode ajudar a combater o aquecimento global.

Por Bruno Garattoni 17 nov 2021, 18h51

Ela foi desenvolvida pela Universidade Purdue, nos EUA, e contém alta concentração de sulfato de bário (BaSO4), hoje usado em cosméticos e papel fotográfico.

A diferença é que, na tinta, ele  é distribuído de forma irregular: há “cristais” de BaSO4 maiores e menores. Isso dispersa melhor as frequências de onda emitidas pelo Sol – e faz com que a tinta reflita 98,1% da luz (contra 80% das comuns).

A ideia é usá-la para pintar telhados e refletir o calor: segundo os inventores, cobrir um telhado de 90 m2 com a tinta gera uma economia de 10 kilowatts no uso de ar-condicionado da casa.

Continua após a publicidade

Publicidade