Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Manual: como montar um computador do zero?

Para além dos notebooks, muita gente tem investido tempo (e dinheiro) para construir um PC todo customizado. Veja como fazer o seu.

Por Rafael Battaglia Atualizado em 27 out 2021, 14h41 - Publicado em 14 out 2021, 20h41

Do que você precisa?

Ilustração de um homem indeciso entre dois processadores diferentes para o computador.
Pissô/Superinteressante

Vai dar uma de Henry Cavill? Então decida quanto você pode investir e o seu objetivo: animação 3D exige muito mais potência que Excel. Assim você define o processador (os mais comuns são Intel e AMD). A linha Core da Intel vai do i3 ao i9 – se você não usa programas pesados, um i3 ou i5 de última geração já resolve.

  • A placa-mãe

    Ilustração da placa mãe de um computador.
    Pissô/Superinteressante

    Interliga quase tudo em um PC. É importante verificar se as suas entradas (soquetes e chipsets) são compatíveis com o processador e os demais componentes que você escolher. Há quatro tamanhos: mini-ITX, microATX, ATX (o padrão para desktops comuns) e EATX – compre um gabinete compatível.

    Memória de elefante

    Ilustração de um HD e de um SSD.
    Pissô/Superinteressante

    Para armazenamento, uma SSD é mais rápida, compacta e resistente que um HD. A desvantagem: sai mais caro e cabe menos coisa (para arquivos grandes, use um HD externo ou espaço na nuvem). Na memória de processamento (RAM), 8 Gb bastam para tarefas de rotina; para programas pesados, considere 16 Gb.

    Continua após a publicidade

    Hora de montar

    Ilustração de um homem montando as peças na CPU do computador.
    Pissô/Superinteressante

    Use chave Phillips e um estilete. Disponha as peças em uma superfície que não conduza eletricidade. Comece pela fonte de alimentação de energia. Depois, encaixe o processador na placa-mãe (a etapa mais delicada). Ventoinhas na frente e atrás do gabinete: a da frente puxa o ar frio, a de trás elimina o quente.

    Para saber mais

    -Um processador de vários núcleos permite realizar mais tarefas simultâneas. Um importante indicador de agilidade é a velocidade de clock: para gamers, o ideal é que ela fique próxima de 4 GHz.

    Placas de vídeo dedicadas são caras, mas oferecem gráficos de primeira a usuários de alta performance. Pense, antes, em comprar um gabinete espaçoso – elas são grandes.

    -Compre um adaptador USB para internet wi-fi e não se esqueça do sistema operacional (Windows ou Linux, para os diferentões. Mas, se você usa Linux, não precisa ser lembrado desse detalhe).

    -Precisa de ajuda? Sites como o PC Part Picker (em inglês) e meupc.net (português) possuem guias de construção, além de permitirem comparar preços e modelos dos componentes.

    Continua após a publicidade
    Publicidade