GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Telescópio Hubble vê o começo do mundo

O telescópio captou 1 500 galáxias no ponto mais distante que já se viu, na constelação da Ursa Maior.

”Além da imaginação”. Esse foi o comentário dos astrônomos sobre as possibilidades oferecidas pelo Hubble, o mais poderoso telescópio construído até hoje, a partir desta foto. É a imagem de 1 500 galáxias que estão no ponto mais distante do universo já registrado, na constelação da Ursa Maior, feita com a montagem de 342 exposições tiradas em dez dias seguidos em dezembro do ano passado. É como se você tentasse ver uma moeda de dez centavos colocada a 15 metros de distância. O Hubble é tão promissor que, nesse ritmo, logo poderá dar mais pistas sobre estágios de evolução do cosmo. “Fotos como esta não mudam a idade do Universo, estimada entre 9 e 14 bilhões de anos, mas pode nos ajudar a saber se o mundo se expandirá para sempre”, disse à SUPER Robert Williams, diretor do Instituto Baltimore de Observação Espacial, em Maryland, nos Estados Unidos.