GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

6 dos 10 maiores vilões do cinema têm doenças de pele

Estudo comparou os rostos dos mocinhos e bandidos de Hollywood; dermatologistas dizem que características reforçam preconceitos da sociedade

Foi essa a conclusão de um estudo realizado por dermatologistas da Universidade do Texas, que compararam a pele dos principais personagens de Hollywood. Eles se basearam numa lista criada pelo American Film Institute, que elenca os 100 maiores heróis e vilões do cinema americano.

Para facilitar a comparação, os médicos pegaram apenas os 10 primeiros de cada ranking. Entre os heróis, nenhum apresentava doenças de pele. Já entre os vilões, 60% tinham – das feridas de Darth Vader, que só são reveladas no momento mais dramático de O Retorno de Jedi, ao rinofima (hipertrofia do nariz) da bruxa de Branca de Neve e os Sete Anões. Para os dermatologistas, isso é errado, pois contribui para “o preconceito e a incompreensão de determinadas doenças” pelo público, e a associação de problemas de pele com maucaratismo.

Entre os vilões, as condições mais frequentes são a alopecia (ausência de cabelo), e a hiperpigmentação periorbital (olheiras muito fortes), ambas com 30%. Em seguida, vêm rugas e vincos profundos (20%), verrugas (20%) e rinofima (10%). Curiosamente, dois dos maiores heróis – Indiana Jones e Humphrey Bogart, de Casablanca – têm cicatrizes no rosto. Mas, diz o estudo, “elas são menores e mais sutis” que as dos vilões. Outra diferença é que cada herói tem no máximo uma cicatriz facial – enquanto os vilões sempre ostentam mais de uma.