GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Você pode escolher o domínio que a sua cidade terá na internet

Os sites de cidades com mais de 500 mil habitantes serão padronizados - e cabe a você sugerir novos endereços eletrônicos para eles

As capitais estaduais e cidades brasileiras com mais de 500 mil habitantes vão ser presenteadas com um domínio “.br”. A iniciativa é do NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR), entidade que controla a utilização desse tipo de endereçamento eletrônico aqui no Brasil. A boa notícia é que as opções de registro serão definidas a partir de sugestões da comunidade. Isso mesmo, você poderá votar – e fazer campanha, por que não – no nome que achar mais representativo da sua cidade.

A lista completa, que conta com 46 municípios, pode ser consultada aqui. A disputa começou na última segunda-feira, 15, e não tem data limite de encerramento: a medida que estiverem prontos para ir para o ar, os domínios serão liberados. As cidades que tiverem maior repercussão e, consequentemente, um maior volume de sugestões, poderão ter seus domínios criados mais cedo, explica o NIC.br.

Para registrar uma sugestão, basta preencher o formulário disponível neste site. É a sua chance de tentar emplacar um domínio mais internacional para São Paulo, como “sampacity.br”. Ou quem sabe uma pegada mais informal como “floripa.br”, para a capital catarinense, “sanja.br”, para São José dos Campos – SP ou “beaga.br” para Belo Horizonte.

Outra boa aposta são os apelidos. Nomes como “princesadosertao.br” para Feira de Santana – BA, ou “cidademaravilhosa.br” para o Rio podem fazer sucesso. O número de sugestões é livre, então você pode ficar à vontade para soltar a imaginação.

É bom lembrar que as sugestões serão submetidas a aprovação, além de terem de atender alguns critérios básicos. Cada nome deve ter no mínimo três letras e não pode conter números e outros caracteres especiais – para evitar que algum engraçadinho tente nomear o site de Contagem-MG com “12345.br”, por exemplo.

Para permanecer no páreo, o nome deve ter sido sugerido por alguém com pelo menos 12 anos e algum tipo de vínculo com o município. Se você nasceu, cresceu, ou tem parentes onde passou a infância comendo fruta no pé nessa cidade, já tá valendo.

Não há qualquer tipo de remuneração ou premiação para a tarefa. O nome que ganhar a eleição em cada local dará a seu autor apenas a satisfação moral de ter ajudado a contar outra página da história de sua cidade – e aquele orgulhinho toda vez que acessar o site do município.