Clique e assine com até 75% de desconto
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Fofocar faz bem pra você

Por Thiago Perin Atualizado em 17 jan 2018, 18h18 - Publicado em 10 out 2011, 14h04

Sim, falar da vida alheia faz bem — muito mais quando nossos comentários são positivos, mas até um pouquinho de veneno tem seus benefícios.

A constatação veio de pesquisadores da Universidade de Staffordshire, que conduziram dois estudos sobre o assunto. No primeiro, 140 voluntários foram orientados a falar bem ou mal sobre uma pessoa fictícia; no segundo, outros 160 participantes responderam a questionários contando com que frequência faziam fofoca, como andavam suas autoestimas e como se sentiam em relação a seus conhecidos.

Os resultados: depois de comentar a vida alheia sem maldade, as emoções positivas dos voluntários subiam 3%, as emoções negativas diminuíam 6% e a autoestima crescia 5%. Não são grandes números, mas é a primeira vez que algo benéfico é atribuído à arte da fofoca — as pessoas se sentem mais felizes ao falar bem sobre as outras.

“Mas pô, fofoca quase sempre é venenosa!”. A gente sabe disso e, olha só, até esse tipo tem seus benefícios: seja doce ou cruel, a fofoca deixa as pessoas se sentindo mais próximas umas das outras, aumentando a sensação de “suporte social”, diz a pesquisa. Detonar os outros não vai nos fazer sentir melhor sobre nós mesmos, como a “fofoca boa” faz — mas certamente nos deixa sentindo menos sozinhos.

Leia também:
Cerveja faz bem para os ossos
Sadomasoquismo faz bem para o relacionamento
Mau humor faz bem para o cérebro

Continua após a publicidade
Publicidade