Clique e assine a partir de 8,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Sexo faz o cérebro crescer

Por Thiago Perin - Atualizado em 21 dez 2016, 10h07 - Publicado em 5 ago 2010, 15h05

Ontem eu era virgem; hoje, sou nerd

Ontem eu era virgem; hoje, sou nerd

Calma, gente. Por enquanto, o efeito só foi comprovado nos ratos. Mas… Tudo indica que a mesma coisa possa acontecer nos humanos. Para chegar a essa conclusão, cientistas da Universidade de Princeton, em Nova Jérsei (EUA), brincaram de cupido com dois grupos de ratinhos: um deles “teve acesso” a fêmeas sexualmente receptivas uma vez por dia, durante duas semanas. O outro, só uma única vez nesse mesmo período.

Comparados aos ratos virgens, os dois grupos saíram da experiência com mais neurônios no hipocampo (outros estudos já mostraram que as células dessa região são especialmente sensíveis a experiências ruins; a não ser que as intimidades dos ratos tenham sido bem decepcionantes, aparentemente às boas também). E, enquanto os ratinhos que só viram a fêmea uma vez registraram aumento no nível dos hormônios de estresse (!), os que mandaram ver todos os dias tiveram um up, além de em novos neurônios no hipocampo, também nas células adultas do cérebro e no número de conexões entre elas. Que beleza, não?

Continua após a publicidade

(Essa eu vi lá no LiveScience)

Leia também:
Redes sociais afetam o cérebro do mesmo jeito que a paixão
Mulheres cheias de curvas dão “barato”
Bacon e ovos tornam os bebês mais inteligentes

Publicidade