GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Existem múmias gordas?

Não. Cintia Gama – que é especialista tanto em história do Egito quanto em história da gastronomia – explica que “no processo de mumificação, há uma secagem dos tecidos corpóreos. Eles encolhem, dando a impressão de que todas as múmias são magérrimas”. Em resumo, uma múmia é uma uva passa de gente. A desidratação é essencial para preservá-la.

Os únicos registros fiéis que restaram das panças egípcias são estátuas – como a de Sheikh el Beled, no Museu do Cairo, que na verdade representa Kaaper, um escriba e sacerdote rechonchudo da quarta dinastia.

A escultura é importante porque, na pintura bidimensional da época, as barrigas, bem como muitos outros traços, não eram desenhadas fielmente. Não porque os egípcios fossem muito ligados em padrões de beleza, veja bem, mas porque o estilo de pintura deles não almejava o fotorrealismo das pinturas renascentistas que nós estamos acostumados a entender como sinônimo de arte.

Pergunta de @pedroivoantunes, via Instagram

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Hurrah! Finally I got a webpage from where I
    be capable of in fact get useful data concerning my
    study and knowledge.

    Curtir