Clique e assine a partir de 8,90/mês
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

Jesus existiu? Há alguma prova real, científica ou histórica disso?

Por Oráculo - Atualizado em 21 dez 2016, 09h08 - Publicado em 14 mar 2016, 18h13
Jorisvo | iStock
Jorisvo | iStock


Jesus existiu? Há alguma prova real, científica ou histórica disso? Gustavo Oliveira, Itapira, SP

Sim, ele esteve entre nós. Há registros em fontes diversas, como as cartas de Paulo, dos anos 40 e 50, e os Evangelhos, feitos a partir de 70 d.C. O Evangelho de Marcos traz informações específicas sobre Jesus: ele era de Nazaré, foi batizado por João Batista e morto no governo de Pôncio Pilatos (sabe-se que estes dois existiram).

Há também relatos não cristãos, como os do historiador judeu Flavio Josefo e do romano Tácito. Mas o que garante que tudo isso não foi inventado? Bom, Jesus morreu por volta de 30 d.C. Se Paulo, Marcos e outros tivessem inventado a figura de Jesus e as histórias nas quais ele se meteu, inclusive com gente importante, ninguém teria acreditado. E o relato dificilmente teria chegado até hoje.

Além disso, historiadores avaliam que os discursos atribuídos a Jesus nos Evangelhos faziam sentido no contexto em que ele vivia. As supostas provas materiais, por outro lado, são outra história: coroa de espinhos, restos da cruz e outras relíquias são fake ou de origem polêmica. Muitos desses artefatos foram feitos séculos depois de Jesus para convencer as pessoas de que ele existiu.

Fontes: Pedro Paulo A. Funari, historiador da Unicamp, e Gabriele Cornelli, filósofo da UnB.


Post anterior: Por que mulheres vivem mais que homens?

Publicidade