GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Aluguel de cachorros: nova tendência?

Você conhece alguém que não tem um animal de estimação porque não tem tempo para cuidar dele? Essa situação é comum na Coreia do Sul, onde as pessoas trabalham, em média, 42 horas por semana e têm apenas 14 dias de férias por ano. Lá, cinco milhões de pessoas – quase 10% da população – vivem sozinhas, estima a OCDE – Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômicos.

Pensando em transformar trabalhadores solitários – especialmente aqueles com extensas jornadas de trabalho – em clientes, um grupo de pet shops lançou um novo serviço: o aluguel de cachorros para companhia.

E não é que está fazendo sucesso? Isso porque o cliente escolhe se vai alugar o cão por semana, por dia ou mesmo por algumas horas. Tem até pessoas que alugam os bichos para presentear namorados com felicidade e carinho temporários – além de descompromissados com a responsabilidade de cuidar do animal diariamente.

Mas será que esta troca contínua de lar não faz mal para os cachorros? Grupos de defesa dos animais defendem que mudar de casa e de dono em poucos dias pode afetar o desenvolvimento psicológico desses animais, que são fiéis por natureza. Estresse, ansiedade e incapacidade de adaptação aos novos lares são alguns dos efeitos que o aluguel pode ter no bichinho, além de provocar latidos constantes e incapacidade de controlar quando vai fazer xixi e cocô.

O aluguel de cachorros também é polêmico no Brasil, onde ocorre a locação de cães de guarda. Nesse caso, os defensores dos animais alegam que o tratamento recebido pelos cães é degradante, cruel e que os animais muitas vezes defendem propriedades vazias, sem direito a abrigo ou alimentação, em situação de abandono.

Algumas pessoas podem até achar que alugar um bicho é melhor do que abandoná-lo por não conseguir dar atenção que ele precisa e merece – podem achar até mesmo que é melhor do que comê-lo, já que na Coreia do Sul, vários restaurantes e mercados vendem carne de cachorro para consumo, como disse o dono de um dos pet shops sul-coreanos –, mas alguém que cogita o abandono também se esquece de pensar além do que lhe é conveniente. Expor um cachorro a esta situação degradante vai contra a Declaração dos Direitos Universais dos Animais, que proclama que todo animal tem o direito de viver nas condições de vida e de liberdade próprias da sua espécie. E toda condição imposta pelo homem com fins lucrativos, como o aluguel de cães, é contrária a este direito.

O que você pensa sobre o aluguel de cachorros? Os animais conseguem realmente ser tão felizes quanto seus donos temporários no período em que ficam com eles?

Leia também:
Lixeira para cachorro? ONG faz campanha para mostrar que bichos não são descartáveis
Famosas posam para ação contra maus tratos aos animais
Cachorros no ambiente de trabalho diminuem o stress dos funcionários
Dê um novo destino ao cocô do seu cachorro
Orcas processam SeaWorld por trabalho escravo, mas perdem ação

Foto: RLHyde/Creative Commons

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s