Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Turma do Fundão Por Blog Grupo de leitores-colaboradores da ME que ajuda a revista sugerindo pautas e alimentando este blog cultural

Dica TdF: A Torre Negra – O Pistoleiro

Por turma-do-fundao Atualizado em 4 jul 2018, 20h33 - Publicado em 8 set 2014, 19h03

Mariana

saga_torrenegra

Divulgação

Divulgação

“O homem de preto fugia pelo deserto, e o Pistoleiro ia atrás”

O livro O Pistoleiro (Ed. Suma de Letras, 221 pgs., R$ 42,90), escrito por Stephen King, faz parte do que o autor considerada sua obra mais ambiciosa, a famigerada saga A Torre Negra. Neste primeiro dos oito volumes da saga, somos apresentados ao herói Roland e à sua busca pela torre do título.

King começou a escrever o livro quando tinha 19 anos, sendo influenciado por filmes de velho Oeste e por livros de J.R.R. Tolkien. O Pistoleiro saiu em 1982 e o último volume, O Vento Pela Fechadura, veio em 2012, de modo que a série demorou 30 anos para ser concluída. Ao longo dessa jornada, muitos fãs foram conquistados e passaram a acompanhar o épico.

Continua após a publicidade

A saga se passa em um cenário pós-apocalíptico. Roland, o ultimo pistoleiro vivo, é o personagem principal da série e acaba presenciando a destruição de seu mundo, um evento que ele acredita que pode ser interrompido. Para isso, Roland precisa alcançar a Torre Negra, um lugar que controla o tempo e o espaço.

Neste primeiro livro, Roland vaga pelo deserto em um cenário que lembra o Velho Oeste. Ele está em busca do “homem de preto”, uma pessoa que pode facilitar sua busca pela Torre Negra. Vale dizer que a versão que está em catálogo de O Pistoleiro hoje é, na verdade, uma revisão do original feita pelo autor e lançada em 2003.

Conforme a história vai avançando, surgem outros personagens importantes e interessantes. Um grande exemplo disso é Jake Chambers, um garotinho que acabou morrendo por conta de um atropelamento em Nova York, no ano de 1977, e é transportado para o mundo de Roland (que também é um universo paralelo ao nosso).

O livro surpreende o leitor ao trazer várias reviravoltas na trama. A junção de terror, suspense e fantasia prende o leitor, fazendo a vontade de ler os outros volumes só aumentar.

Antes de acabar, só quero deixar claro que a série é incrivelmente longa, mas vale a pena ser lida!

nota5

 

Continua após a publicidade

Publicidade