Clique e assine a partir de 8,90/mês

Cientistas japoneses revivem bactérias de 100 milhões de anos

Micróbios estavam em uma região inóspita do Pacífico Sul, a 5,7 quilômetros de profundidade.

Por SUPER - Atualizado em 1 set 2020, 19h19 - Publicado em 1 ago 2020, 16h36

100 milhões de anos. Foi o tempo que certos micro-organismos passaram enterrados no fundo do mar antes de serem trazidos de volta à vida por pesquisadores japoneses.

Alimentando os micróbios com moléculas de carbono e nitrogênio, os cientistas conseguiram tirá-los do estado de dormência e fazê-los voltar a se reproduzir.

Os micróbios resilientes estavam a 5,7 quilômetros da superfície, em uma planície abissal do Giro do Pacífico Sul, região inóspita e quase sem nutrientes.

Yuki Morono, o líder do estudo, resume a importância do achado: “Agora sabemos que não existe idade limite na biosfera do subsolo marinho”.

Continua após a publicidade
Publicidade