Clique e assine com até 75% de desconto

Conheça os astronautas negros da Nasa que já foram ao espaço

Nesta semana, o americano Victor Glover fez história ao se tornar o primeiro astronauta negro a se juntar à equipe da Estação Espacial – e o 15º a viajar para o espaço. Saiba quais nomes vieram antes dele.

Por Carolina Fioratti 19 nov 2020, 19h09

Na última terça (17), quatro astronautas desembarcaram na Estação Espacial Internacional (ISS) como parte da Crew-1, a primeira missão comercial realizada pela SpaceX em parceria com a Nasa. O momento foi histórico, não apenas por ser o primeiro voo tripulado de táxi espacial, mas pelo astronauta que pilotava a nave. 

O comandante da Marinha dos EUA, Victor J. Glover, de 44 anos, tornou-se o primeiro astronauta negro a se juntar à equipe da ISS. Glover e seus colegas – o japonês Soichi Noguchi e os norte-americanos Michael Hopkins e Shannon Walker – pegaram carona na Crew Dragon rumo a uma estadia de seis meses no laboratório orbital. 

Glover se formou em 1999 no curso de engenharia geral da Universidade Politécnica Estadual da Califórnia, estado em que nasceu. Entre 2007 e 2010, obteve três títulos de mestrado – incluindo o de engenharia de teste de voo. O astronauta ingressou na Nasa na turma de 2013 e, em 2018, recebeu a tarefa de pilotar a Crew Dragon em sua primeira missão tripulada.

Mas a história dos negros na Nasa começou antes mesmo do nascimento de Glover. O primeiro a adentrar o programa de astronautas da agência foi Edward Dwight, um piloto de teste da Força Aérea americana. Ele se juntou ao time na década de 1960, mas não teve a chance de viajar para o espaço. O pioneirismo nas estrelas viria cerca de 20 anos depois, com Guion Bluford.

A ISS recebe astronautas há 20 anos. Durante algumas missões envolvendo ônibus espaciais, a estação até chegou a receber alguns astronautas negros, que ajudaram a construir o laboratório. No entanto, nenhum ficou hospedado no local por tanto tempo, como será o caso de Glover.

Ao todo, a Nasa já enviou mais de 300 astronautas ao espaço. Destes, 15 são negros – 5% do total. Conheça alguns deles:

Guion S. Bluford Jr.

Nasa/Wikimedia Commons

Bluford foi o primeiro astronauta negro da Nasa a viajar para o espaço. Ele começou a trabalhar para a agência em 1978, mas só foi realizar sua primeira missão fora da Terra em 1983.

O astronauta esteve presente na primeira missão da agência com lançamento e pouso noturno, além de ter contribuído para a ciência de várias outras formas, como com a implementação do Satélite Nacional Indiano (INSAT-1B).

Sua primeira viagem foi feita com o ônibus espacial Challenger. Depois, Bluford ainda participou de outras três. Hoje, o astronauta tem 77 anos e está aposentado de seus cargos de engenheiro aeroespacial, astronauta e oficial da Força Aérea americana. Durante sua vida, somou cerca de 688 horas no espaço, o que equivale a pouco mais de 28 dias.

Ronald McNair

Nasa/Wikimedia Commons

Ronald McNair foi um astronauta e físico da Nasa. Ele foi selecionado para a equipe da agência em 1978 e visitou o espaço em 1984, também a bordo do ônibus espacial Challenger.

Infelizmente, sua carreira foi curta. McNair morreu em 1986, durante sua segunda missão. Apenas 73 segundos após o lançamento da missão, e a cerca de 14 quilômetros acima do Oceano Atlântico, o Challenger se desintegrou. Neste dia, havia mais seis tripulantes na nave. Todos faleceram. 

Continua após a publicidade

Frederick D. Gregory

Nasa/Wikimedia Commons

Em 1985, Frederick Gregory se tornou o primeiro astronauta negro a pilotar uma nave espacial. Quatro anos depois, foi designado como o primeiro comandante negro de uma missão. Engenheiro militar e piloto da Força Aérea, Gregory entrou para a agência em 1978 e, ao longo de sua carreira, realizou três viagens espaciais. Em 2005, atuou como administrador da Nasa. Hoje, está aposentado. 

Charles Frank Bolden Jr.

Nasa/Wikimedia Commons

Charles Frank tornou-se astronauta da Nasa em 1981. Ao todo, serviu em quatro voos, dois como piloto (1986 e 1990) e dois como comandante de missão (1992 e 1994). Em 2009, foi nomeado como administrador da Nasa pelo ex-presidente Barack Obama, atuando no cargo até 2017, quando se aposentou.

Mae Carol Jemison 

Nasa/Wikimedia Commons

Mae Jemison foi a primeira mulher negra da Nasa a viajar para o espaço. A médica e engenheira ingressou na equipe em 1987, e realizou sua primeira viagem espacial em 1992. Ela participou da 50º missão do Programa de Ônibus Espacial na Nasa, que tinha como objetivo conduzir experimentos em microgravidade. 

A astronauta deixou a agência em 1993, quando resolveu abrir sua própria empresa de pesquisa tecnológica, a The Jemison Group Inc. Hoje, lidera a organização 100 Year Starship, um projeto conjunto da agência de pesquisas americana DARPA com uma entidade privada da Nasa. O objetivo da entidade é promover pesquisas que possibilitem viagens para além do sistema solar dentro dos próximos 100 anos.

Bernard A. Harris Jr.

Nasa/Wikimedia Commons

Bernard Harris Jr. foi o primeiro astronauta negro a caminhar no espaço. O feito ocorreu durante sua segunda viagem espacial, em 1995, quando teve que realizar uma atividade extraveicular.

A primeira missão do astronauta aconteceu dois anos antes, em 1993. Nesta, voou a bordo do ônibus espacial Columbia e teve como função conduzir pesquisas em ciências físicas e biológicas. Harris Jr., que tem graduação em medicina, hoje está aposentado. 

Outros astronautas 

Após Harris Jr., outros sete homens e mais duas mulheres entraram na conta. São eles, em ordem cronológica de suas primeiras viagens: Winston E. Scott, Robert Curbeam, Michael P. Anderson, Stephanie Wilson, Joan Higginbotham, Alvin Drew, Leland D. Melvin, Robert Satcher e, claro, Victor J. Glover. 

No próximo ano, mais um nome deve entrar na lista: a astronauta da Nasa Jeanette Epps está cotada para se juntar à equipe da ISS em 2021, em uma missão a bordo da nave Starliner, veículo que está sendo desenvolvido pela Boeing. Epps é graduada em engenharia espacial e, no passado, atuou como funcionária de inteligência técnica na CIA. Em 2009, ela largou a função que exercia há sete anos para entrar no grupo de astronautas da Nasa. Se tudo correr como o planejado, Jeanette poderá se tornar a primeira mulher negra a integrar a equipe de cientistas do laboratório espacial.

Continua após a publicidade
Publicidade