Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Criador de abelhas diz ter produzido mel de maconha

Insetos treinados por Nicolas "Trainerbees" tiram pólen da cannabis e levam para a colmeia - e ele garante que o produto final rende o mesmo barato que um cigarro de maconha

Por Carol Castro
Atualizado em 31 out 2016, 18h58 - Publicado em 4 mar 2016, 20h00

Nicolas “Trainerbees” (treinador de abelhas, como ele se autodenomina) postou na noite da última quarta-feira um vídeo com a sua plantação de maconha. Com algo inédito: abelhas em volta de suas flores. E ele garante que o produto rende o mesmo barato que um baseado. Só que sem os malefícios da fumaça.

 

 

Ele também diz que as abelhas não sofrem qualquer efeito da cannabis ao puxar o pólen da planta por não possuírem receptores de canabinoides.

Continua após a publicidade

O homem de 39 anos vive na França e diz ter passado os últimos anos preocupado em unir suas duas paixões: maconha e abelhas. Treinou os bichinhos para coletarem o açúcar de frutas, ao invés de usar flores. Deu certo. Tentou, então, ensiná-las a puxar a resina da maconha e levar de volta à colmeia para produzir mel, o que ele diz ter conseguido. 

Em entrevista ao Mirror, Darryl Cox, do Bumblebee Conservation Trust, um grupo de pesquisa e preservação de abelhas, acredita no feito de Nicolas. “Abelhas poderiam coletar o pólen da cannabis, o que poderia ser potencialmente intoxicante”, conta.

Como o produto ainda não está à venda, apenas Nicolas pode dizer se o mel causa ou não algum efeito psicoativo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.