Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Geiger

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h45 - Publicado em 31 ago 1990, 22h00

Cármen T. Guaresemin

Como funciona o contador Geiger?

O aparelho detecta a radiação usando a capacidade que as partículas radioativas têm de ionizar – isto é, retirar elétrons – de certas moléculas. O contador consiste em um cilindro cheio de gás (normalmente argônio), submetido a uma tensão que pode variar de 1 000 a 2 000 volts e que mantém a parede do tubo negativa em relação a um fio positivo que corre ao longo do seu eixo. Quando as partículas radioativas entram em contato com os átomos do argônio, convertem alguns deles em íons positivos mais elétrons. Sob ação do campo elétrico, os íons migram para a parede do cilindro e os elétrons para o fio. Essa dupla migração causa um pulso de corrente que é transmitido a um amplificador. Quanto mais partículas radioativas houver, maior será a corrente elétrica. O primeiro modelo desse aparelho foi apresentado em 1912 pelo físico alemão Hans Wilhelm Geiger (1882-1945), daí o nome.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade