Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Membrana fetal nas articulações

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h52 - Publicado em 4 jul 2009, 22h00

A membrana amniótica que envolve o feto dentro do útero, está sendo testada por uma equipe de ortopedista do Hospital Hammersmith, em Londres, Inglaterra, para tratar os casos de artrite. Os médicos vêm usando a membrana para recobrir, em coelhos, as cartilagens desgastadas pela doença. Acredita-se que tecido fetal contenha células capazes de reconstruir a camada cartilaginosa danificada, nas juntas dos ossos. Mas há um problema: por ser muito viscosa e se rasga facilmente, a membrana amniótica está sendo aplicada sobre uma finíssima película de polímero, que faz as vezes de cola. Em coelhos, tudo bem. Mas os ortopedistas ainda não sabem quais os eventuais efeitos do polímero, aplicado no corpo humano. Por isso, os testes clínicos com pacientes do hospital ainda não foram agendados.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.