GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Mito: Raios não caem duas vezes no mesmo lugar

Ao contrário! É justamente nos lugares de sempre - prédios altos ou árvores isoladas - que eles mais gostam de cair

Vá dizer isso para alguém que trabalha no Empire State Building, em Nova York (EUA). O prédio-símbolo daquela cidade é atingido, em média, por 25 raios a cada ano. Já aconteceu, até, de o edifício ser fustigado 8 vezes em apenas 24 minutos. Então, esqueça para sempre aquilo que você ouve desde criança. Ao contrário do que diz a sabedoria popular, raios caem sempre nos mesmos lugares, sim – pontos relativamente altos ou que se destacam na paisagem, como prédios e árvores isoladas.

Isso acontece por um motivo bem simples: campos e cargas elétricas tendem a se concentrar nas extremidades de qualquer objeto – seja ele um alfinete ou um edifício de 102 andares como o Empire State. Essas áreas atraem mais eletricidade. Natural, portanto, que o topo de um prédio mais alto ou a copa de uma árvore isolada sejam alvos frequentes de descargas elétricas. É por isso que, em meio a uma tempestade, você deve evitar ambientes muito abertos, como um campo de futebol. Seu próprio corpo pode acabar funcionando como para-raio.