Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Por que meu pet me traz animais mortos?

Seu gato te deu um rato ou seu cachorro matou um pássaro? Saiba o que seus bichinhos queriam dizer – e alguns cuidados que você deve tomar.

Por Leo Caparroz
13 jan 2023, 18h56

Se você tem um gato ou cachorro de estimação, é provável que já tenha sido presenteado com um animal morto. Passarinhos, ratos, baratas e outros insetos… todos, segundo os seus bichinhos, estão na sua lista de presentes. Mas o que realmente está acontecendo em suas cabeças e quais são suas intenções com isso?

Por mais que seja um comportamento estranho para nós, é perfeitamente normal e pode indicar o apego que eles têm a você. Contudo, também serve de lembrete do dano que eles podem causar à vida selvagem.

Em 2015, biólogos descreveram uma série de golfinhos-nariz-de-garrafa selvagens aparentemente oferecendo peixes, lulas ou polvos, geralmente capturados na natureza, já mortos, para pessoas que já lhes dava peixes como parte de um programa de alimentação regulamentada na Austrália.

Inicialmente, pesquisadores acharam que a ação era consistente com os comportamentos de brincadeiras, compartilhamento de presas e ensino observados em golfinhos, baleias e outros mamíferos considerados inteligentes.

Continua após a publicidade

“Em última análise, com esses golfinhos e com nossos próprios companheiros animais, podemos pensar nesse compartilhamento como uma expressão da relação particular entre o animal e o humano”, escreve Mia Cobb, pesquisadora da Universidade de Melbourne, que não tem relação com o estudo, para o portal de divulgação científica The Conversation. “Em alguns casos, onde o comportamento é regular (mesmo que pouco frequente), podemos descrevê-lo como parte da cultura dos animais, como fizeram os biólogos dos golfinhos em seu artigo científico.”

Quando se trata dos nossos bichinhos, também devemos esclarecer alguns pontos. Antes de tudo, tem chance de isso não ser para você. Seu companheiro está realmente te trazendo o animal morto ou você só está coincidentemente no espaço em que ele está? Talvez seu cachorro só quisesse um lugar seguro conhecido para mastigar aquela criatura meio podre. E, por acaso, esse lugar é o seu quarto.

Mas se o seu gato, por exemplo, caminha em sua direção, mantém o contato visual e tenta chamar sua atenção enquanto está com a presa na boca, então sim, ele provavelmente está compartilhando esse animal morto com você.

Se ele assassinou sua presa com as próprias patas, ou se seu presente é apenas fruto de oportunismo – seu pet só encontrou o animal morto em algum outro lugar e te trouxe – existem alguns cuidados que devem ser tomados.

Continua após a publicidade

Se ele te trouxe um animal selvagem morto, significa que ele tem ou teve contato com isso. Sarna, piolhos e vermes podem se espalhar facilmente da vida selvagem morta para nós e para nossos bichinhos. É essencial que seu pet tenha um rotineiro controle de parasitas.

Trazer baratas, lagartixas e besouros é uma coisa. Animais silvestres como preás e passarinhos é outra. Se o seu animal está matando animais selvagens, você deve tomar medidas para evitá-lo. Elas podem incluir limitar com segurança quando e onde eles vão ao ar livre e redirecionar sua energia com caminhadas, brincadeiras e treinamentos. Para os felinos, mantê-los dentro de casa também pode limitar a propagação de doenças para humanos e outros animais.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.