Clique e assine a partir de 8,90/mês

Teste de DNA prevê a inteligência das pessoas

Estudo com 248 mil voluntários revela, na prática, a conexão entre genética e QI

Por Bruno Garattoni - Atualizado em 21 mar 2019, 19h06 - Publicado em 29 Maio 2018, 09h48

Grosso modo, metade da inteligência de uma pessoa é herdada, ou seja, determinada pelos genes que ela carrega (a outra metade depende da educação que ela recebe e da vida que leva).

A ciência sabe disso há mais de 60 anos – mas só de forma indireta, por meio de estudos que compararam a inteligência de irmãos gêmeos criados separadamente.

Agora, isso mudou: um estudo conseguiu medir, de forma direta, o efeito do DNA sobre a inteligência das pessoas.

Cientistas das universidades Harvard e de Edimburgo compararam o código genético e o grau de inteligência de 248 mil pessoas, que foram analisados por 29 estudos realizados em vários países ao longo dos últimos dez anos.

Depois de cruzar os dados, os pesquisadores constataram que a presença ou ausência de 538 genes está diretamente ligada à inteligência de uma pessoa.

Em seguida, eles analisaram o código genético de um segundo grupo de pessoas – e conseguiram adivinhar o QI delas.

Ou seja: é possível prever a inteligência de alguém pelo DNA.

No futuro, esse teste poderá se tornar comum. E uma reles amostra de saliva revelará uma das características mais profundas de qualquer pessoa.

Continua após a publicidade
Publicidade