Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Afinal, o certo é “Antártida” ou “Antártica”?

Entenda a confusão e qual é a forma mais utilizada no Brasil.

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 9 mar 2020, 14h52 - Publicado em 21 fev 2020, 17h47

“Existe uma seção inteira especificamente voltada para a questão do nome [do continente]”, digitou um sujeito que atende pelo nome de usuário Chronus, editor da Wikipedia. “Leia antes de vir dizer o que é correto ou não. E assine as suas mensagens”, complementou o deus grego do tempo, em tom de patada.

Essa troca de mensagens pouco amistosas se deu em uma página da discussão da Wikipedia, a enciclopédia online, em 13 de fevereiro de 2019. Os editores, um deles anônimo, debatiam se a grafia adequada do nome da porção de terra mais gelada do planeta seria “Antártida”, “Antártica” ou “Antárctica” – sendo esta última ortografia, apesar de estranha a nós, comum em Portugal. 

Este Oráculo não entendeu muito bem o desfecho da briga, mas sabe que a resposta é simples: tanto faz. No Brasil, as duas formas são aceitas. A forma original, do ponto de vista etimológico, é com “c”. O nome deriva de “anti-ártico”, isto é, do lado oposto do Ártico, que fica no hemisfério norte. Em português, o “d” entrou no nome um pouco para evitar confusão com a marca de cerveja; um pouco por influência do mitológico continente perdido de Atlântida. Essa é a forma mais comum atualmente, adotada como padrão inclusive aqui na SUPER.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.