Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Para que e como são definidos os nomes de furacões?

Pergunta de Everton Tavano Santos, Igaraçú do Tietê, SP

Por Oráculo
4 set 2017, 16h39

Bons ventos me trouxeram até aqui para buscar seu sopro de sabedoria: para que e como são definidos os nomes de furacões?
Everton Tavano Santos, Igaraçú do Tietê, SP

Para identificar as tempestades tropicais mais facilmente.

Os nomes são definidos pela Organização Meteorológica Mundial (WMO), que mantém listas já definidas com os nomes por ano e região – dependendo se a origem é no Atlântico ou no Pacífico, por exemplo.

A nomeação segue a ordem alfabética, então o nome do primeiro furacão do ano sempre começa com A – as iniciais Q, U, X, Y e Z estão fora. Do início do século 20 até 1953, os furacões eram nomeados com uma letra.

Daí até 1979, só com nomes de mulher. A diversidade de gênero criou uma estatística curiosa: as universidades de Illinois e do Arizona (EUA) observaram, em 2014, que furacões “femininos” matam mais. Especula-se que a população se prepare menos para tempestades “femininas”.

Continua após a publicidade

Analisando 92 furacões nos EUA, entre 1950 e 2012 – com exceção do Katrina (2005) e do Audrey (1957), que mataram muito e distorceriam os dados –, a pesquisa revelou que um furacão masculino causa, em média, 15,15 mortes contra 41,84 provocadas pelos femininos.

O Harvey, que atingiu Houston em agosto de 2017, fugiu à regra e matou 51.

+

Curiosidade extra: 22 mil pessoas foram vítimas do furacão mais mortal da história, que atingiu Antilhas, Bermuda, Porto Rico e EUA em 1780, quando nem se nomeavam esses fenômenos.

Continua após a publicidade

 

Fontes: National Hurricane Center (EUA), Rachel Albrecht, meteorologista da USP e pnas.org

Post anterior: Quantos ml tem um pum?

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.