Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Por que se diz que pessoas sem dinheiro para a conta devem lavar pratos?

Porque na época em que lavar louça era algo extremamente nojento, de fato havia um bocado de gente disposta a encarar a pia em troca de comida.

Por Ana Carolina Leonardi Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 9 nov 2020, 12h34 - Publicado em 4 jan 2019, 12h15

A lógica nasceu invertida: comia quem já tinha lavado pratos. Lavar a louça suja dos outros era considerada uma atividade degradante nos séculos 19 e 20 – e era um trabalho oferecido a ex-condenados, alcoólatras e sem teto, em troca de refeições.

O escritor George Orwell, em seu livro Na Pior em Paris e Londres, conta os anos em que viveu na miséria nas duas capitais europeias. Sua profissão, em Paris? Lavador de pratos. Ele descreve a nojeira, o calor de passar o dia com os braços enfiados em um tonel de água morna e declara a atividade equivalente à dos burros de carga.

Nos EUA, quem até hoje carrega as máquinas de lavar louça é conhecido como “cão dos pratos”. Ou “mergulhador de pérolas” – porque quando mete a mão nas águas turvas da pia, só Deus sabe os tesouros que achará…

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.