Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Um sonâmbulo acorda com sono?

Alguns aventureiro noturnos acordam descansados, outros não – tudo depende da duração e frequência dos episódios.

Por Carolina Fioratti
Atualizado em 30 nov 2023, 11h32 - Publicado em 21 mar 2021, 11h39

Pode acontecer, mas não é regra. Tudo depende das peculiaridades de cada paciente, de quanto tempo durou o episódio de sonambulismo e de quantas vezes ele se repete na mesma noite (e ao longo de várias noites).

O sonambulismo se manifesta durante a parte mais profunda do sono, quando não sonhamos (mais especificamente, a fase 3 não-REM). As ocorrências costumam ser breves: algo entre 10 e 20 minutos. Mas podem alcançar até uma hora em alguns pacientes.

Nestes casos, em que há maior privação do sono, o sonâmbulo pode acordar sonolento – o fato de que ele permaneceu inconsciente enquanto agia não significa que realmente tenha descansado.

O cansaço também é cumulativo: se a pessoa assaltar a geladeira nos braços de Morfeu várias noites seguidas, essa sequência de interrupções pode gerar uma exaustão crônica. Como a dos pais de recém-nascidos, que acordam toda noite com o nenê chorando.

Pergunta de @brennoband, via Instagram

Fonte: Daniel Suzuki, do Laboratório do Sono e Ambulatório de Distúrbios do Sono (ASONO) do HCFMUSP

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.