GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

200 milhões de casas para o PI

Talves seja falta de algo melhor a fazer: um especialista japonês em computação, Yasumasa Kanada, resolveu começar um trabalho sem-fim. Passo a passo, ele vem acrescentando casas decimais ao valor de PI a letra grega que em Matemática representa a razão entre uma circunferência e o diâmetro do círculo. Normalmente, PI é representado com apenas quatro casas após a vírgula – 3,1415. Com a ajuda de um computador, Kanada já calculou PI com 201 326 000 dígitos. Para ser publicada, essa enormidade ocuparia, por exemplo, todas as páginas de todas as edições desta revista durante 26 anos. Não existe, ao que se saiba, nenhuma vantagem prática em saber o valor de PI com milhões de casas. Para os cientistas, dez casas são mais que suficientes. A única aplicação possível para a proeza de Kanada é a de testar a velocidade e a precisão de diferentes computadores. Para chegar aos duzentos e tantos milhões de dígitos, um supercomputador levou seis horas. Agora, o cientista quer chegar a 400 milhões. Bom divertimento.