GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

6 nós que você sempre precisou – e nunca soube fazer

Um bom nó pode prender o cachorro sem machucá-lo, ajudar a desatolar o carro e arrumar o varal do quintal. Aprenda como fazer os mais úteis do seu dia a dia

 (Sattu/Superinteressante)

Para passear com totó

O nó lais de guia forma uma alça que não corre. Dá para prender o cachorro sem machucá-lo.
Faça um U com a corda e um pequeno laço em uma das partes. Passe a ponta contrária ao laço para dentro dele. Em seguida, puxe por trás da corda principal e leve-a de volta por dentro do círculo. Aí é só puxar.

 (Sattu/Superinteressante)

Para prender o cãozinho

O nó volta do fiel serve para fixar uma corda em um ponto fixo (como prender um cachorro ao poste).
Rodeie o objeto com a corda duas vezes e passe a ponta livre por baixo da corda, entre as duas argolas. As ponta vão ficar em lados opostos – una-as com dois ou três nós simples.

 (Sattu/Superinteressante)

Para consertar o varal

O nó direito é firme e fácil de ser defeito. Serve para unir duas cordas de mesma espessura.
Cruze uma corda sobre a outra e puxe um pouco. Repita o cruzamento, mas puxe os dois fios para os lados (se puxar para cima, vira um nó cego). É útil para fechar pacotes, amarrar sapatos ou juntar as cordinhas do varal.

 (Sattu/Superinteressante)

Remendos

Se você precisar juntar duas cordas de espessuras diferentes (para fazer um remendo no varal, por exemplo), o nó de escota é ideal.
Deixe uma das cordas no formato de um U. Passe o segundo fio, de baixo para cima, pelo U. Dê uma volta e faça um X por baixo do próprio fio. É
muito usado para hastear bandeiras.

 (Sattu/Superinteressante)

Puxar o carro

O nó de correr faz uma alça corrediça para puxar objetos bem pesados.
Dobre a corda (aí dá para envolver um objeto, tipo um carro), cruze fazendo um X. Passe a ponta solta da corda por de trás, envolvendo as duas partes, e depois puxe para dentro do círculo. Quanto mais você puxar a corda, mais firme e ajustado fica o nó.

 (Sattu/Superinteressante)

Reforce o resgate

Se, durante o regate, você perceber que a corda vai rasgar, faça um nó de catau. Ele serve para reforçar um cabo com um ponto fraco.
Faça um S com a corda. Em seguida, pegue outro pedaço da corda, faça um círculo e coloque o S dentro dele. Puxe bem forte e pronto, essa parte vai ficar inutilizada.

Fontes: Luiz Cesar de Simas Horn, gerente de Métodos Educativos da União dos Escoteiros do Brasil; Rodrigo Teixeira, chefe de escoteiro do Primeiro Grupo Escoteiro São Paulo.