Clique e assine a partir de 8,90/mês

Cigarro expulso de universidade

Universidade proíbe o fumo em todas as suas dependências, inclusive em seu estádio esportivo para 75 000 pessoas.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h47 - Publicado em 31 ago 1991, 22h00

Aperta o cerco ao cigarro nos Estados Unidos. Numa decisão sem precedentes, a centenária conservadora Universidade do Texas proibiu o fumo em absolutamente todas as dependências de seus quinze campi espalhados pelo Estado – e ainda no estádio esportivo para 75 000 pessoas que mantém em Austin, a capital. A universidade tem um total de 140 000 alunos (17% dos quais fumam) e 40 000 funcionários e professores. Mas ninguém é de ferro: não passou no Conselho de Reitores uma proposta para que a instituição vendesse as ações de sua propriedade de empresas fabricantes de cigarros, avaliados em 70 milhões de dólares.

Publicidade