GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Dormir com cachorro no quarto atrapalha o sono?

Cientistas têm boa notícia para os donos de pets: tá liberado dormir com o seu cãozinho. Mas dentro de algumas condições.

Tem despertador mais eficiente do que uma lambida na orelha? Acordar assim não é nada incomum para quem tem cachorrinhos, digamos, agitados, e com acesso livre ao quarto dos donos. Mas será que estar sempre disponível para o seu pet atrapalha o sono?

Uma pesquisa da Mayo Clinic, famosa instituição de saúde americana, se dispôs a testar. Eles analisaram os outros (poucos) estudos feitos sobre o assunto, e notaram que cerca de 60% dos donos de cachorro dizem que dormem com o bicho dentro do quarto ou em cima da cama. Mas suas opiniões eram bem divididas: um grupo achava que dormir juntinho do pet piorava a noite de sono, já o outro defendia que dormia melhor. Quem tem razão?

Para tirar a prova, os cientistas reuniram 40 pessoas e seus cães. Mais de 26 raças e portes diferentes foram testados: de chiuauas e shih tzus até pit bulls e golden retrievers.

A principal medida que eles queriam tirar era a “eficiência” do sono – basicamente, a razão entre o tempo que você passa na cama querendo dormir e o tempo que dorme de fato. Uma pessoa que fica deitada por 8 horas, mas passa 2h rolando na cama, acordando durante a noite e indo fazer xixi, tem um sono apenas 75% eficiente. O normal (e saudável) seria ter mais de 80% de eficiência durante a noite.

Cada ser humano recebeu uma pulseira para monitorar suas atividades, e detectar luz e movimento. Já os cachorros usaram a FitBark, a versão canina da FitBit, que também mede movimentos e avalia se o bicho está dormindo ou acordado.

Por 7 dias, os donos dormiram normalmente. Além das pulseiras de monitoramento, eles anotavam detalhes em um diário do sono: se tinham dormido sozinhos ou com um parceiro, se o cachorro estava presente ou não e se o bicho estava dormindo apenas dentro do quarto ou em cima da cama.

É bom deixar claro: o objetivo da pesquisa não era saber se dormir com seu cachorro é higiênico, mas sim se isso influencia (positiva ou negativamente) a qualidade do sono.

Os pesquisadores levaram em conta, ainda, a idade e o peso tanto do cão quanto do dono, além de o tamanho da cama.

E o veredito? Tudo bem dormir perto do cachorro. Existem, porém algumas limitações: mais de um cachorro por vez no quarto não é recomendado. O tamanho do bicho não importa.

Outra conclusão, compreensível, é que dormia melhor (com mais uns 3% de eficiência no sono) quem tinha o cachorro no quarto, mas não em cima da cama. Se parece crueldade com o pobre cãozinho, fique tranquilo: a pesquisa também mediu a qualidade do sono deles. E parecem fáceis de agradar. Dormiam bem (85% de eficiência!!) tanto com humanos acompanhados quanto sozinhos, tanto no chão quanto na cama.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s