GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Este aqui é o livro “misterioso” que o Bolsonaro levou ao Jornal Nacional

Não, o livro não foi comprado pelo MEC. Sim, ele tem imagens um tanto explícitas. Conheça por si mesmo a história do livro mais falado do dia.

Um livro infantil conseguiu ser mais polêmico do que os debates sobre segurança pública, emprego e até as menções a casamentos e divórcios numa entrevista a presidenciável. O candidato Jair Bolsonaro (PSL-RJ) foi ao Jornal Nacional, na última terça (28), munido desse misterioso título – que ele foi impedido de mostrar, por conta das regras internas do telejornal.

Trata-se de Aparelho Sexual e Cia., publicado pela Companhia das Letras. Vamos ver, então, o que seria tão pervertido e pornográfico ali.

Essa imagem aqui saiu de um fórum de discussão, em francês, que também debate livros infantis sobre sexo. Sim, ela é “interativa”. A criação original do tão demonizado conteúdo infantil é francesa – escrita pela autora Hélène Bruller e o cartunista Zep. Bem ao estilo de cartunistas de jornal, o livro não é politicamente correto, nem foca nos aspectos biológicos da educação sexual. Na verdade, ele é cheio de fatos curiosos e perguntas sinceras que surgem quando o tema é sexo – de explicar qual foi o maior bebê que já nasceu a descrever o que é uma ejaculação. Mas também passa por momentos que deixariam alguns pais meio constrangidos (como explicar o que é o Kama Sutra).

E coroa tudo com um título bem mais simpático que o nosso: Le Guide du zizi sexuel – ou, simplesmente, o Guia Sexual do Pipi (ou Pingulin, vai saber como dizem na sua casa).

O personagem principal que guia o leitor ao longo da história é a criação mais famosa do artista Zep, um menininho chamado Titeuf (ou Tootuff, em inglês). O que você provavelmente não sabe é que o Titeuf é famoso no mundo francês, ganhou até desenho animado na TV para crianças. O que seria quase igual a ter um livro de educação sexual sincerão narrado para as crianças pelo Menino Maluquinho do Ziraldo.

Sabemos, porém, que você pode ter pulado tudo até aqui para ver mais imagens internas do livro. Então vamos a elas:

 (Reprodução/YouTube)

Uma youtuber francesa (que está, ironicamente, de boina!) folheia o livro abaixo, caso você queria imagens a mais.

 (Amazon/Reprodução)

Veja também

Falando sério

Tudo esclarecido quanto a origem do livro mais falado do dia, é preciso terminar falando sério – e desmentindo a informação de que a obra estaria sendo distribuída pelo governo escolas afora, ensinando sobre sexo de uma forma que talvez não agrade a alguns pais.

No vídeo original em que menciona o livro, Bolsonaro afirma que ele estaria sendo entregue nas escolas pelo Ministério da Educação. O MEC correu para desmentir a informação, lá em 2016, deixando claro que não tinha nada a ver com o livro.

Foi uma troca de alhos com bugalhos. Algumas bibliotecas receberam o livro, publicado em português pela Companhia das Letras, que foi comprado pelo Ministério da Cultura. É o caminho que boa parte dos livros, polêmicos ou não, percorre até chegar a uma biblioteca pública. Um caminho normal, e necessário – que nada tem a ver com escolher pelos pais como eles devem falar aos filhos sobre sexo.

Em caso de dúvida, porém, sobre como guiar essa conversa difícil… Você sempre pode recorrer a um livro.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Adriano Pereira

    Bolsonaro passando vergonha para variar

    Curtir

  2. André de Souza

    Que Jair Bolsonaro é um estúpido, ignorante, bronco e absolutamente despreparado para ser um presidente, não é de se admirar. Tá na cara! Basta ouvi-lo falando sobre qualquer assunto e esta é a conclusão a que chegará qualquer cidadão minimamente inteligente. O que assusta é que, apesar desta conclusão, que deveria ser absolutamente óbvia, o cara lidera nas pesquisas de intenção de votos em cenários onde Lula está ausente da disputa! Sinceramente, não dá pra entender! No Brasil, atualmente, basta o político se autoproclamar como “honesto” – e Bolsonaro não é, pois foi descoberto que tinha uma funcionária sua sendo paga com verbas do seu gabinete que vendia açai na praia – que, apesar da óbvia incompetência, é considerado um bom político! Francamente, estamos a caminho de fazer a mesma cagada eleitoral dos americanos.

    Curtir

  3. Rodrigo Vilela

    O gostaria que ao final de cada comentário citando negativamente o Bolsonaro, o sujeito seja homem e diga o nome do seu candidato. Imbecil é quem votou no Lula, Dilma, FHC e por aí vai. Podem chorar, ele será presidente do Brasil.

    Curtir

  4. Só quem vive numa bolha e nunca teve filhos em uma escola pública, faz uma matéria estúpida assim. Na escola dos meus filhos chegou. O MEC retirou logo após a denuncia.
    Socialistas são um câncer para o país

    Curtir

  5. Se um livro deste eu os vejo mostrando a minha filha ou filho na escola da merda, isto é sim um lixo de material explicito eu como pai, daria um tiro na cara de quem publicou está merda direcionado a educação. criança vai a escola aprender leer escrever etc… sexualidade a natureza por si so com o passar dos anos evolução de seu corpo se encarrega de avisar , porém devemos orientalos quando chegar a idade, e não pegar crianças de 6 anos e inserir um material destes. Porém analisei todos os canditados e vou votar no Bolsonaro. primeiro fato de descisão obvias. precisamos de um louco la na Presidencia porque até agora se passaram cultos Burros antas e não fizeram nada, então que venha um louco e meta fogo naquela joça.

    Curtir

  6. André de Souza

    Bem! Só pra começar, meu caro Rodrigo Vilela, você deve representar exatamente o perfil do eleitor de Bolsonaro: estúpido, de mente curta e pensamento maniqueísta. Não é porque alguém critica o Bolsonaro que ele é necessariamente petista! O PT dos últimos anos se revelou uma tragédia política, mas, não é por isso que o brasileiro deve apoiar um energúmeno só porque ele fala mal das esquerdas. Apoiar o Bolsonaro é uma prova clássica de analfabetismo político, no melhor estilo brechtiano. Fora PT! Mas, por favor, Bolsonaro não! Me nego a ser governado por alguém mais burro do que eu. Mas, se para o teu nível tá bom…

    Curtir

  7. De todos os lixos, politicos Candidatos, Cultos, Antas, Energunemo, Ficamos com o louco ainda não teve sua chance. trocar 6 por meia duzia. deixa logo o cachorro acoar.

    Curtir

  8. marcelo hilario turismo

    É um absurdo um livro desses para criança

    Curtir

  9. marcelo hilario turismo

    Com Bolsonaro ou sem Bolsonaro o Brasil tem que mudar, chega de partidos de esquerda…. Bolsonaro 2018

    Curtir

  10. SIERRA TAVARES

    Que continue sendo distribuído na França. Aqui não! Ao menos não aos nossos filhos nas escolas.
    As pessoas ficam tentando transformar o que está acontecendo em algo como uma disputa de times de futebol….esquerda x direita….e aí banaliza. Mas a coisa é muito mais séria do que parece.

    Também não acho que o Bolsonaro é perfeito….mas acredito que é nossa última esperança democrática…..depois dele só as Forças Armadas poderão nos salvar.
    O socialismo é uma farsa! Uma ferramenta de controle que não dá chance alguma para a população escolher o que acha melhor para si, como deve ser em uma democracia. O capitalismo não é perfeito mas nele o miserável tem a chance de correr atrás e tentar não morrer como miserável.
    Nossa bandeira nunca será vermelha! Não sem antes haver uma guerra civil.

    BOLSONARO 2018!

    Curtir

  11. Anderson Luiz Sgarbozza

    Enfim….
    Todos aí reclamando mas, o fato é que muitos dos fatos polêmicos que se referem ao Bolsonaro,99% do povo que se diz brasileiro concorda.
    Vc como pai aceitaria seu filho de 7 anos aprendendo desta forma na escola?
    Vc certamente concorda que um professor fale que seu filho de (10 à13 anos) possa escolher se quer ser homem, gay, travesti, ou outro afim? Mas provavelmente a “criança ” foi bem instruída em casa e vai optar pelo exemplo que tem em casa e ser espelho dos pais ou seja vcs. E sendo desta forma se escolher ser gay é por exemplos de casa..
    E deixo bem claro, não sou contra gays, lésbicas e afins.
    Só acredito e respeito que se tem idade para se tomar esta decisão. O que não concordo e a forma como estão fazendo, impondo que isto é normal e tem que ser aceito por força. O movimento lgbt perdeu o seu foco, ideal com alguns vermes comedores de mortadela que estão acabando com este movimento que já perdeu seu proposito.
    Quanto aos nosso repórteres se é que são, por que não questionaram o candidato qua era a forma, maneira que ele irá utilizar para retirar os 9 milhões de pessoas do spc? Iria da trabalho com salários dignos? Iria parar os débitos com dinheiro público (nós iriamos pagar) ou simplesmente ira retirar o nome delas e O debito iria morre por ai mesmo?
    Mas estas perguntas não são importantes.
    O importante é criticar quem esta tentando fazer algo de bom.
    Tantos já o ocuparam a cadeira, doutores, empresários, gente com estudo e sem ele tbm. E oque fizeram ate hoje?? Se defendem tanto esta imprensa que ai esta, eles devem estar falando a verdade, pois os assaltos ao dinheiro público vem sendo feito a mais 30 anos. Então em quem confiar??
    Meu voto até O presente momento é para o Bolsonaro. E ENQUANTO continuarem atacando ele é porque estão com medo. A turma da globo já foi avisada, se ele ganhar vai rever os rapazes do dinheiro público para eles. E então eles devem estar fazendo uma força enorme para não perderem a teta.
    O que quero é tenha mudança independente de quem entrar la , que trabalhe para o povo é se não, que tivemos ele de la tbm.
    E para que gosta das coisa lá como estão, ouvi dizer que tem bastante vagas em cuba, Colômbia onde este “sistema ” há funciona, porque o pessoal de la que não era a favor saiu de la. Fica a dica….

    Curtir

  12. Tricolor Nato

    É incrível como o povo brasileiro consegue ficar defendendo um bandido alcoólatra que enriqueceu as custa do próprio povo.O Brasil não vai mudar de uma hora para outra,mas querer dar direito de escolha para uma criança a respeito de sexualidade ai ja passou dos limites,na minha casa manda eu ,quem paga as contas sou eu.

    Curtir

  13. André de Souza

    A tese está comprovada: a manifestação de voto a Bolsonaro é uma “ode” à estupidez. Uma manifestação explícita de absoluta ignorância política. Basta analisar o nível dos argumentos: uma mistura de ódio manifesto com vilipêndio da língua portuguesa. Interessante notar que o argumento mais utilizado para justificar o apoio a Bolsonaro não consiste em dar relevância ao seu programa de governo e, sim, justificar tal apoio como uma espécie de forma de deter o avanço das esquerdas “filhas do demônio”! Aviso aos estúpidos adoradores da direita que nem sabem o que isto significa: fiquem tranquilos! A esquerda radical não terá a mínima chance nestas eleições. Portanto, não é necessário apelar para um populismo de direita vagabundo. Não se iludam: Bolsonaro não é um “Messias”! O Messias já é o Lula (kkkk…)! E o Messias tá preso! Bolsonaro é só mais do mesmo! Não representa absolutamente nada de novo no cenário político nacional. São 28 anos como deputado federal, perpetuando a velha prática de fazer da política uma profissão muito rentável sem precisar trabalhar muito; está criando mais uma oligarquia política familiar com os filhos; recebe – como quase todos, aliás – auxílio-moradia mesmo possuindo imóvel em Brasília; e, só pra arrematar, mantinha uma funcionária-fantasma em seu gabinete que vendia açaí na praia. Bolsonaro representa tão somente a continuidade de tudo que não presta no cenário político brasileiro: o político que diz não ser corrupto e, por conta disto, se perpetua, mamando nas tetas do estado sem fazer muito esforço. Ah! E estas são novas: hoje, Michel Temer anunciou que vai reajustar os salários do Executivo e, consequentemente, dará aval para o famigerado reajuste de 16,3% aos ministros do STF. Bolsonaro, assim como os demais candidatos à presidência, sequer se manifestaram a respeito. Ora! Alguém que se autoproclama como sendo a alternativa para acabar com a corrupção e os privilégios da alta burocracia estatal, deveria ter se manifestado! Mas, como disse o seu candidato a vice, o também energúmeno General Mourão, “privilégio só é contra quem não tem”! Obviamente Bolsonaro compartilha desta visão, pois, receber auxílio-moradia tendo residência fixa é ter privilégio, não é? Isto, sem falar nos outros penduricalhos! Ah! E só pra fechar: hoje mesmo Bolsonaro afirmou que vai tirar o Brasil do Tratado sobre o clima, assinado em Paris. Ele alega que este acordo tirará a floresta amazônica situada no território nacional do controle brasileiro. E acabará com a demarcação das reservas de terras indígenas porque há muito minério a ser explorado nestas terras e, estas demarcações impedem tal exploração. Ou seja, nem se elegeu e já está pensando em fazer cagada!

    Curtir

  14. Texto acima escrito por um esquerdeopata. Texto mentiroso. O Bolsonaro na realidade disse claramente que ele depois de descobrir o que movimentos LGBT junto com políticos de esquerda estavam tentando imementar nas escolas, teve que agir e conseguiu bloquear que isso fosse adiante. Isso é a verdade. Eu como a esmagadora maioria dos brasileiros concorda com Bolsonaro nesse quesito. Um absurdo ensinar ou divulgar isso nas escolas para crianças entre 6 e 12 anos. Tem conteúdo pornográfico sim e vai contra o ECA, estatuto da criança e do adolescente. Sou contra sexualizar nossas crianças. Nessa faixa de idade deve ser discutido o assunto em casa e da forma que os pais decidirem. A escola não pode sobrepor a educação dada pelos pais. Ela é na verdade um auxílio a outras disciplinas que as crianças não aprendem em casa. Então deve se focar no ensino clássico, matemática, português, história, geografia, educação moral e física, educação física. Demais assuntos devem ser ensinados pela família da melhor forma que achar. O estado querer tomar conta dos nossos filhos e decidir como ele deve ser educado é ditadura, é retirar a liberdade individual de cada um. E sexualizar crianças nessa idade, ainda mais dessa forma nojenta, é também abrir portas para distúrbios psiquiátricos futuros e até pedofilia. O material só podia mesmo ter sido criado na França, país que tem sua cultura e
    oral cada vez mais degradada pela esquerda ao longo dos anos. E querem espalhar essa pauta globalista para o mundo inteiro.

    Curtir

  15. André de Souza

    Miguel, mais um “bolsonarófilo” de plantão comprovando a tese: apoiar Bolsonaro = ter pouco/nenhum discernimento político. Só pra começar: o parlamento francês nem é de esquerda, idiota! Macron é considerado um político de centro. E a França é um exemplo secular de democracia, com todos os defeitos e virtudes que qualquer regime legitimamente democrático tem! O tal livro não foi indicado pelo MEC como material didático. Ele entrou nas bibliotecas das escolas por questões legais. Sempre que uma editora brasileira lança um livro, seja uma tradução, seja uma obra originalmente em português, a lei exige que exemplares sejam enviados à bibliotecas públicas. Como bibliotecas de escolas e universidades têm este status, receberam o tal livro “maldito”, que transformará nossas crianças em gays (Kiki…)! Esta é a verdade, caro eleitor bolsonariano! Cérebro é para ser usado.

    Curtir

  16. A França vive um socialismo fabiano amigo. Dá uma pesquisada ai que vc vai entender. Nem tudo é preto no branco. E os carinhas no poder sabem muito bem disso.

    Curtir

  17. Anderson Luiz Sgarbozza quantas burrices que vc escreveu. Não, ninguém na face da terra aceita que seu filho de 10 anos seja sexualizado, fato! Mas dizer que alguém se torna gay por escolheu? Isso é surreal! Se ser gay é uma escolha, nenhum escolheria isso para sua vida, ou tu acha que eles amam ser discriminado pela a sociedade? Xingado? Excluído da família ? Não, não é por exemplos dos pais que seus filhos se tornam gays ou héteros, isso já é dele, já vem com ele, a maioria de gays foram e são criados por héteros, se é um exemplo, então esses gays deveriam ser héteros, MUITOS CASAIS GAYS TÊM FILHOS, E ESSES FILHOS SE TORNAM HÉTEROS, SE SER GAY É UM EXEMPLO, ENTÃO ESSES FILHOS DE GAYS DEVERIAM SER GAY, NÃO HÉTEROS. Vote nulo, mas não bolsolixo.

    Curtir

  18. Anderson Luiz Sgarbozza vc pode ensinar seu filho a vida inteira que o certo é ser hétero, pode aplicar uma surra por dia para ensinar isso a ele, mas se a natureza dele for para ser gay, ele será sim no futuro! Não tem como mudar sua natureza. um exemplo disso é o Irã, Arábia Saudita, dentre outros, onde a homossexualidade é totalmente desencorajada e criminalizada, onde a heteronormalidade é a única aceita, e mesmo assim não deixa de existir homossexuais sendo assassinado por lá. Que diabos de escolha é essa que a pessoa prefere morrer do que deixar de ser gay?!

    Curtir

  19. BOLSONARO É UM FASCISTA, FALTA DE LIBERDADE NÃO É APENAS COM O SOCIALISMO, BOLSONARO É DE EXTREMA-DIREITA, UM FASCISTA DITADOR. SE ESSE LIXO FOR ELEITO, VCS VÃO CHORAR PEDINDO A SAÍDA DELE, MAS ELE FARÁ IGUAL AO DA TURQUIA E NICARÁGUA, METER BALA EM VCS, JÁ TÔ É VENDO A DITADURA QUE ESSE PAÍS VAI SE TORNAR.

    Curtir

  20. Que engraçado. Alguns aqui ficam falando de criança, mas só é “criança” baseado na conveniência. É criança que não pode ver determinadas coisas quando se trata de respeitar as diferenças dos outros. Mas quando a mesma criança comete um crime, magicamente é um “adulto” que precisa responder pelos seus crimes.

    É incrível a mentalidade bolsonista. É idêntico ao do lulista. Não importa o quando contraditório e inconsistente seja as falas do ídolo, sempre é um verdade incontestável.

    Aliás, a Super deixou ter mecionar um coisa: o livro é indicado para pessoas de quinta à nona série . Ou seja, de 11 à 15 anos, mais ou menos. Nada de 1 à 8 anos, como alguns aqui colocam (inclusive no vídeo, pelo visto, é 9 à 12 anos, praticamente). Aliás, alguém com 12 anos nem é mais criança. É pré-adolescente.
    E também o livro avisa sobre os perigos de incesto, pedofilia, e outras coisas. Até têm os números de disque-denúncia nesse livro (na seção “Fique Esperto” do livro). Como um livro desses incentiva a criança (ou qualquer outra pessoa) a ser pedófilo, pevertido, ou derivados disso? A parada está em bibliotecas escolares. Totalmente opcional. Zero imposição.

    E que “liberdade” é essa (para educar seus filhos) que alguns estão falando aqui? Só se for para se preconceituoso, baseado no que alguns falaram aqui. Ou melhor dizendo, na base da pancada, como é abordado em um seminário LGBT que o Bolsonaro cismou em dizer que foi um “seminário LGBT infantil”, quando os caras abordam diversos assuntos ao longo dos anos. “Liberdade” na base violência doméstica. E ainda falam que os professores estão “impondo” algo nos filhos.
    E ainda dedicam um minúsculo parte do textão para falar “eu não nada contra x,y,z”, enquanto todo resto do textão é, praticamente, demonização do x,y,z.

    Para complementar a “honestidade” (do Bolsonaro) que André aborda, ele colocou um monte de outdoors ao redor do brasil, desde de novembro do ano passado (e removido em julho desse ano). E qualquer pessoa que ver esses outdoors, ver claramente que é propaganda eleitoral, sendo que é proibido fazer propaganda fora de época de eleição. Mas é só driblar a Justiça, evitando colocar as palavras “presidente”, “vote”, número do candidato e nome do partido, e pronto, a “honestidade” dele mais uma vez prevalece, com a Justiça, que o Bolsonaro tanto diz perseguir ele, fazendo vista grossa e, mais uma vez, abrindo o Mar Vermelho para ele cruzar o caminho e fazer o que dá na telha. E isso tudo financiado pelos bolsonistas, que tanto reclamam dos lulistas de usarem o próprio dinheiro para tentar soltar o Lula da cadeia, mas fazem algo totalmente semelhante. Se fosse outro grupo tivesse fazendo isso (os outdoors), os bolsonistas estariam dizendo que é uma quadrilha agindo. Agora, se são eles que fazem, não é quadrilha?

    O cara fala sobre recuperar a “família”. Mas deixa de falar “tradicional” (depois do família) para não pegar mal para ele. Qualquer um que não ser encaixar no padrão “tradicional”, vai ser tratado como zero à esquerda pela sociedade.
    O cara fala sobre vivemos em um país de igualdade. Sendo que fala que, se a mulher ganha mais do que o homem, a economia vai rachar. O homem ganha mais que a mulher e a economia não rachou. Qual é lógica nesse raciocínio?
    O cara fala de vivemos sem ideologia. E o cara é personificação da ideologia cristã, conservadora e militarista. Tudo que ele apoia não é tratado como ideologia. Mas tudo que ele é contra é ideologia? Que conveniente…
    Ele deveria focar em falar mal de professores querendo ensinar aos jovens a serem um “MST”,”CUT”, petista e/ou lulista da vida, que “impeachment foi um golpe”, que Lula é perserguido, etc. Não sobre ficar falando sobre algo que ele nem sabe. Aliás, nessa horas, ele não precisa de um especialista para essas coisas. Só consulta o crentismo dele. Só consulta economista porque o crentismo não funciona com economia.
    Até sair da ONU ele falou em sair. Mas pegou mal e voltou atrás com “só sair da parte dos direitos humanos da ONU”. E a ONU é, principalmente, o quê? Tenha dó…
    E só porque ele tira foto com x,y ou z, não signfica que ele não tenha fobia por esses grupos. Fobia não é só sobre medo, mas também repulsa e nojo. Onde ele respeitas esse grupos? Demonizando como vitimistas, conspiradores, “maculadores de crianças”?

    Mas tudo bem. O cara já ganhou as eleições. Porquê? Porque ele usa o mesmo populismo “salvador da pátria” que o Lula usou para ganhar as eleições. O mesmo esquema que diversos ditadores já usaram para chegar no poder. Hitler foi a mesma coisa. Inclusive, “esquerdeopata” é o equivalente a acusar judeus pela crise de uma Alemanha quebrada em todos os sentidos. Culpe as pessoas que realmente apoiaram a roubalheira. Não os outros, ainda mais por apenas falar mal do “mito”.
    Isso sem falar do vitimismo que ele cria. Aliás, ele adora jogar um verde para falarem mal dele. O cara vive do “fale bem ou mal, mas falem sobre mim”.
    Diz que é perseguido. Mas onde? A Justiça que mencionei lá em cima do comentário? A “mídia manipuladora” que, sabendo que fala mal dele só serve para promover ele, continua batendo nessa mesma tecla, porque viraram a casaca e não podem falar isso diretamente?
    E na situação do nosso país, terreno fértil para ele. Como foi terreno para o Lula quando houve a crise econômica do FHC. Assim, que pessoa compete com isso? Nem o mais honesto faz frente ao populismo.
    Mais um círculo se repetindo. Brasil não têm salvação mesmo. Enquanto só entrar ideologista no poder, nada vai acontecer.

    Curtir

  21. Ah é, faltou falar do Jair Renan, a “ovelha negra” da família, filho dele com a ex-esposa. Faz aquilo que o Bolsonaro mais condena na vida, que é o Direitos Humanos. Alguns até consideram que o Renan fuma maconha. Se for verdade, é mais um motivo para ele (o Bolsonaro) nem sequer falar dos filhos dos outros. Fala tanto de família, mas a família (atual) toda trabalha como uma quadrilha para conseguir chegar aonde quer. A família do Lula têm o mesmo perfil da família Bolsonaro. E mesmo assim, colocam uma perneira na frente do rosto com relação a isso.
    E outra coisa. “Diga-me com que andas e direi quem és”. Pois é, Bolsonaro é próximo de Marco Feliciano e Silas Malafaia, como se fossem irmãos.
    Marco virou presidente da CDHM. O que aconteceu? Um monte de atestado de como o cara é anti-Direitos Humanos. Resultado? Pediu para sair, devido a enorme rejeição, fruto de ficar fazendo declarações, uma atrás da outra, claras de anti-direitos humanos.
    Silas já ficou na mira da lava-jato e foi absorvido pela Justiça “traiçoeira” que tanto o Bolsonaro reclama. E mesmo assim, é outro que vive demonizando as minorias, como o escândalo da desenho da Disney “Star Vs Forces of Evil”.
    Marco colocar Temer como coitado. Faz parte de um partido que o Bolsonaro não faz, mas o fanatismo por Bolsonaro é tão grande que ele está doido para correr o risco de ser expulso do próprio partido, se continuar apoiando o cara.
    Silas já foi aliado da Marina Silva, sendo o grande influenciador para Marina volta atrás com declarações favoráveis as minorias na última fez que tentou concorrer no Planalto. Agora que ela resolveu ficar firme com o fator “decisão popular”, agora Silas resolve ficar demonizando ela.

    E aí fica a pergunta: Como o Bolsonaro, pessoa tão honesta e imparcial, é tão próximo dos caras? Pois é, ele diz uma coisa que ele não é…

    E para reforçar a ideologia cristã do cara, ele simplesmente quer que uma parcela do STF seja reformada por cristões. Como se não tivessemos um monte de cristãos envolvidos na política, ainda mais con tanto partido cristão por aí. E ainda fala que o país é “90% cristão”. Sem ideologia? Beleza…

    Bônus:

    – Lula / – Bolsonaro
    – “Ele é o cara” / – “Ele é o mito”
    – “Eu sou o homem mais honesto do mundo” / “Eu sou o homem mais honesto do mundo”
    – “Estão de perseguição comigo” / “Estão de perseguição comigo”
    – “Eu, comunista? Eles sabem o que é isso?” / “Eu, facista? Eles sabem o que é isso?”
    – “Você não me apoia? Você é facista, supremacista, militarista, nazista, etc” / “Você não me apoia? Você é comunista, socialista, globalista, artista, nazista, etc”
    – Chegou no poder usando o populismo do “salvador da pátria” / – Vai chegar no poder usando o populismo do “salvador da pátria”

    Curtir

  22. André de Souza

    Bolsonaro é o representante dos idiotas que nunca se interessaram por discutir política e agora querem fazer de suas posições a verdade absoluta – bem ao estilo do seu ídolo, diga se. O suposto sucesso de Bolsonaro nas pesquisas mostra que os brasileiros – pelo menos aqueles que o apoiam – simplesmente não sabem viver em uma democracia. Preferem viver sob o cabresto de uma ditadura! Sim! Não sei se ainda não perceberam que o discurso do Bolsonaro é, “ipsis literis”, o discurso prevalecente durante o regime militar. Até entendo: a grande maioria dos seus eleitores é formada por indivíduos que simplesmente desconhecem a história do Brasil – quando não são analfabetos funcionais! Portanto, muito cuidado! Quando não conhecemos a história corremos o risco de repetir os erros do passado. A democracia tem seus problemas, suas mazelas. No entanto, ainda é a única forma de uma sociedade ser governada conforme seus desígnios, direta ou indiretamente. Abrir mão disto é, certamente, uma prova de estupidez sem tamanho.

    Curtir

  23. Aulisson Pereira

    Interessantes os comentários de André de Souza. Como não disponho desse vasto conhecimento histórico, e ansiando votar bem, me diga em quem votará e por que (?). Mas por favor, seja corajoso, não se esconda e nem venha com aquele discurso evasivo “leia e se informe para tomar sua decisão” ou “o voto é secreto”.

    Curtir

  24. André de Souza

    Caro Aulisson (é assim que se escreve, né?), interessante: você é o segundo adorador de Bolsonaro que me desafia a revelar em quem votarei! Sinceramente, não entendo porque isto é tido por vocês como um ato de coragem! Suponho que esta associação entre divulgação de voto e coragem deve ser interpretado por vocês como um símbolo de masculinidade, já que vocês têm uma certa obsessão por isto, não é? Bem, eu poderia simplesmente não divulgar o meu voto, já que ele é realmente secreto. A lei garante isto. Mas, posso lhe assegurar que não votarei no PT. Aliás, nunca votei. Pra falar a verdade, ainda estou com dúvidas. Ainda estou avaliando candidatos. Corro o sério risco de acabar votando nulo pela mais pura falta de opção, já que, dado o nível de nossos políticos, sempre é mais fácil saber quem rejeitar do que fazer uma escolha sem que isto não traga arrependimentos futuros. A única certeza que tenho é que nem PT, tampouco o estúpido e ignorante Bolsonaro, serão a minha escolha. E, por favor, não venha me dizer que estar em dúvida representa um sinal de fraqueza! Isto é bem típico dos bolsonaristas! Ratifico aqui minha posição: uma possível eleição de Bolsonaro preconiza uma perspectiva trágica para o cenário político brasileiro, que já vive uma crise colossal. Crise na democracia se resolve com mais democracia, não com a possibilidade de implantação de um populismo de direita autocrático. Bolsonaro é, obviamente, um risco à democracia que conquistamos à duras penas.

    Curtir

  25. Aulisson Pereira

    Caro André de Souza: onde você leu em meu anterior comentário que meu voto se destinaria a Bolsonaro? Ou a qualquer outro? Apenas te instiguei a mostrar sua face. Basicamente você é como tantos outros, que adotam a posição de apontar o problema, mas nunca a possível solução. E aí enchem o mural com, verborragia. Uma pseudointelectualidade. Se autoafirma no ataque aos demais, e não na exposição de suas ideias reais.

    Curtir

  26. André de Souza

    Antes de tudo, obrigado por me considerar um “pseudointelectual” (?). Isto certamente significa que, de alguma forma, você acaba enxergando em minhas mensagens algum grau de sofisticação na exposição de ideias. Bem, sempre que me deparo com alguém contestando minhas ideias antibolsonaristas, presumo que o indivíduo seja mais um sectário do ilustre candidato a novo tirano latino americano. Geralmente são (você não deve fugir à regra, só não quer assumir, creio! ) Aulisson(?), talvez você não tenha entendido as minhas palavras: deixei bem claro minha condição como eleitor. Ainda não sei em quem votar; só tenho certeza absoluta em quem não vou: PT e Bolsonaro. Populismo barato definitivamente não me seduz, à direita ou à esquerda! Não me deixo manipular por este viés politiqueiro. Simples assim. Ou assumir estar em dúvida é um ato de covardia? Quanto ao fato de eu estar, palavras suas, “expondo os problemas, não uma possível solução”, francamente, não sabia que tal espaço era destinado a tal fim! Você já as têm em mãos? Não, né? Este espaço é tão somente um lugar onde as opiniões devem ser expostas! E, bem ao contrário do que você afirma em relação a mim, minhas opiniões estão aí absolutamente expostas de forma clara. Sou um democrata convicto que não aceita regimes autoritários. E, como já afirmei anteriormente, uma possível eleição de Bolsonaro representa um sério risco à nossa democracia, já tão combalida. E então, isto não é ter posição política? Eu devolvo a provocação a você: qual, afinal, é a sua posição política? Tem alguma?

    Curtir

  27. Aulisson Pereira

    …devolvendo o questionamento, então, meu caro? Não se mostrou liberal, ou débil socialista. Se limitou a atacar às demais posições externadas, não com fatos, mas palavras toscas. Tentando entender o perfil desse nosso “eleitor modelo”…

    Curtir

  28. André de Souza

    “… Não se mostrou liberal ou débil socialista”…! Há um Bolsonófilo absolutamente declarado neste rancoroso e medíocre xingamento! Talvez você não consiga captar, dada a diminuta capacidade de percepção que lhe é própria, mas existe um conceito em teoria da comunicação que alega existir uma mensagem subliminar sempre que fazemos uma declaração. Portanto, meu caro, sua simpatia ao mentecapto é óbvia. Somente um admirador da extrema direita xinga liberais e socialistas! Não é da natureza dos imbecis totalitários tolerar as diferenças. Antes de xingar os outros de covardes, assuma você a sua própria covardia. Minha posição política está mais do que declarada em meus posts; só os imbecis não conseguem enxergar. Não tenho papas na língua. Qualquer indivíduo que consegue se identificar politicamente com Bolsonaro é um analfabeto político absoluto! Não deveria nem sair de casa para votar.

    Curtir

  29. Aulisson Pereira

    …perfeito. Bastou instigar um pouco para aparecer o espectro totalitarista, imbecil, desprovido da mínima elegância e educação na dialética. Sabia que provocando um pouco você iria se expor. Não difere em nada sua atitude absolutista do parco candidato da matéria presente. É mais um “rebeldinho” sem causa. Volta pra mamãe, tá? kkk (usei de neologismo intencional, saiba).

    Curtir

  30. André de Souza

    E ainda sou eu o “pseudointelectual”! Primeiramente, não há em minhas mensagens nenhum mecanismo de retórica dialético, portanto, antes de querer demonstrar conhecimentos que você obviamente não tem, tome o devido cuidado de se certificar de que está falando com alguém mais ignorante que você. Em segundo lugar, não seja ridículo! Não tente inverter as coisas. Não atribua a mim os qualificativos do seu candidato! Nem atribua a mim a sua, como é mesmo? “rebeldia sem causa” (nossa, quanta idiotice e infantilidade! O sujeito nem me conhece e quer traçar o meu perfil e avaliar meu temperamento!) Este seu textinho jocoso e em tom de deboche não cola nem irrita. Só diverte. É típico dos provocadores covardes que se escondem por trás das redes sociais e ficam puxando discussão infrutífera com gente que se quer conhecem. Qual será o próximo passo? Vai passar a xingar a minha mãe também? Patético!

    Curtir

  31. Caríssimo André de Souza et caterva.
    Vocês lembram da greve dos caminhoneiros? Não foi bemdos caminhoneiros, foi dos padeiros, barbeiros, agricultores tratoristas e todo tipo de profissional das cidadezinhas pequenas deste imenso Brasil. E em todos os bloqueios havia a faixa: “Intervenção já! “.
    Entenderam a dica?
    Colocaremos Bolsonaro lá pelo voto ou pela força!
    É melhor se adaptarem ou se mudarem.
    E não é só pelo kit gay, que foi sim planejado mas bloqueado.
    É que não aceitamos mais este senso de propriedade que vocês, esquerdistas, acham que tem sobre nossas vidas.
    Nós dizemos BASTA!
    E quem não gostar é livre para se mudar, isto se não for preso antes.

    Curtir

  32. André de Souza

    Caro “RLW” (um indivíduo/a que se esconde por trás de uma sigla não deve ser lá muito corajoso, presumo!) este tipo de postura é bem típica de vocês, bolsonaristas: qualquer um que critique a abominável e escrota ideologia de vocês é peremptoriamente chamado de esquerdista. Quer até me prender?! Olha, não é preciso ser adepto da esquerda para concluir que o projeto de governo de Bolsonaro é algo absolutamente abjeto. Já expliquei isto para outros idiotas, aliás! Ele é todo calcado em preconceitos, intolerância e autoritarismo desmedido. A visão de estado de Bolsonaro é baseada na repressão às minorias, simplesmente! Bolsonaro é misógino, homofóbico e racista. Ou não é? Olha no que resultou a sua sempre reincidente apologia à violência? Acabou sendo vítima da própria intolerância que tanto prega! Chegou a ser cômico vê-lo questionando a possível maldade humana no leito do hospital! Quanta pureza de coração! Ingenuidade! E tem mais, idiota: Bolsonaro não levará a eleição! Viu a última pesquisa IBOPE? Não ganha de ninguém no segundo turno. Nem do Haddad! Seu índice de rejeição é maior do que sua popularidade. Portanto, meu caro (ou minha cara, sei lá!) não se iluda. A democracia nos custou caro demais para abrirmos mão dela e a entregarmos para um bando de nazi-fascistas psicopatas.

    Curtir