Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

9 tesouros da Netflix para ver no Natal (e nas férias)

Filmes, séries, animações e até um talk show. Separamos opções para todos os gostos, seja para quem está de férias ou vai ter apenas uma folguinha.

Por Rafael Battaglia 24 dez 2018, 16h13

Nada como aproveitar a folga de Natal (seja ela grande ou pequena) para relaxar em frente à televisão. Por isso, a SUPER vasculhou o catálogo da Netlfix em busca de boas opções para essa época do ano.

Há todo o tipo de opções: especiais natalinos, filmes, animações, séries para maratonar etc.. Confira a seguir as sugestões.

A Very Murray Christmas

Fã de Bill Murray? Então esse especial de Natal foi feito para você. Lançado em 2015, o filme é uma parceria do ator com a diretora Sofia Coppola e lembra, em certos momentos, o primeiro trabalho conjunto dos dois, o longa Encontros e Desencontros, de 2003 (o Lost in Translation, que se passa no Japão e tem a Scarlett Johansson, lembra? Um clássico natalino dos desajustados).

Em uma hora de duração, o especial que Murray iria fazer em Nova York dá errado por conta de uma nevasca. Para salvar o espetáculo, ele começa a recrutar quem está disponível no hotel em que está. De George Clooney a Miley Cyrus, é um festival de participações especiais.

A Origem dos Guardiões

Quando se fala das melhores animações dos últimos anos, este longa da Dreamworks, lançado em 2012, merecia mais destaque.

O filme conta a história de Jack Frost, uma figura folclórica dos países do norte e que personifica a geada e o frio. Ele é convidado para se juntar aos Guardiões, um grupo formado pelo Papai Noel, o coelho da Páscoa, Sandman e a Fada do Dente.

Em versões nada fofas e muito badass, eles precisam enfrentar a ameaça do Bicho-Papão e proteger as crianças do mundo, fazendo-as continuar acreditando na magia do Natal e das outras comemorações. Ideal para essa época do ano, ele é tão tecnicamente bem feito a ponto de deixar as crianças felizes e os adultos, curiosos.

  • Mandou Bem – Natal e Ano Novo

    Quem disse que Natal não é época para competições culinárias? O especial natalino da Netflix é ideal para quem não abre mão de um bom reality show culinário.

    No programa, confeiteiros amadores são desafiados a reproduzir receitas famosas – e complicadas. Os resultados podem ser surpreendentes, para o bem ou para o mal (geralmente, a última opção). Leve e bem-humorada, essa temporada de Nailed It traz pratos natalinos.

    Agrretsuko – Feliz Natal Metaleiro

    A Netflix também preparou um especial de Natal para seu recente anime Aggretsuko. Espere tudo aquilo que você conhece desse tipo de animação – personagens bonitinhos, vozes agudas – só que viradas ao contrário. A fofa panda vermelha Retsuko bebe cerveja, é frustrada com o seu trabalho em um escritório, acumula todos os seus problemas sem demonstrar agressividade – e desconta tudo ao fim do dia  cantando heavy metal no karaokê.

    Além da primeira temporada, que estreou esse ano – e é facilmente maratonável, com episódios curtos e pouco numerosos – a Netflix lançou ainda um episódio temático, disponível desde o dia 20 de dezembro.

    Seguindo os Fatos

    Continua após a publicidade

    Se você prefere algo mais pé no chão, a Netflix, em parceria com o site BuzzFeed, lançou uma série de mini-documentários sobre os mais variados temas: vício em tecnologia, intersexualidade, sobrevivencialistas, vídeos ASMR etc..

    A ideia é apresentar tendências e fenômenos da atualidade. Em cada episódio, um jornalista mostra o processo de apuração de uma reportagem, com entrevistas, depoimentos e visitas em lugares inusitados, como uma cidade utópica na Índia e centros em que o consumo de drogas é permitido.

    Master of None

    O comediante Aziz Ansari é um dos criadores e estrela essa comédia dramática, vencedora de prêmios como o Globo de Ouro e o Emmy. A série gira em torno de Dev, um ator aspirante que mora em Nova York e busca um papel de sucesso (entre os muitos comerciais que aceita para pagar as contas).

    A produção é uma divertida crônica sobre a sociedade atual. De relacionamentos virtuais a referências da cultura pop, a série possui personagens carismáticos e boas piadas tiradas de situações cotidianas. Uma boa pedida para uma maratona.

    O Próximo Convidado Dispensa Apresentações com David Letterman

    O apresentador David Letterman, que comandou um talk show de sucesso na TV americana, saiu da aposentadoria para apresentar um programa de entrevistas diferente do convencional.

    Nos seis episódios que compõem a primeira temporada, Letterman entrevista personalidades como o ex-presidente dos EUA Barack Obama, o ator George Clooney, a ativista Malala Yousafzai e a comediante Tina Fey.

    Além do bate-papo, há também uma parte em que Letterman visita lugares que possuam alguma relação com o entrevistado. O tom descontraído e o carisma do apresentador garantem um bom entretenimento.

  • Roma

    Depois de ganhar o Oscar de Melhor Direto por Gravidade, em 2013, o diretor Alfonso Cuarón voltou a chamar as atenções da críticas com este filme, lançado pela Netflix.

    Em preto e branco, Roma é inspirado na infância de Cuarón e retrata a vida no México nos anos 1970. Repleto de metáforas, o longa mostra diversos aspectos das desigualdades sociais da América Latina.

    Além de cimentar de vez Cuarón como um dos maiores diretores mexicanos de filmes “artísticos” (ele, afinal, ganhou sucesso com A Princesinha e o terceiro Harry Potter), Roma traz outra mudança marcante na indústria. Foi indicado ao Globo de Ouro do ano que vem, e pode ser a primeira obra original de um serviço de streaming a aparecer nas categorias principais do Oscar, em 2019.

    Chef

    Lançado em 2014 sem muito alarde, a comédia dramática é dirigida e estrelada por Jon Favreau. Não conhece? Ele é o responsável pelos dois primeiros Homem de Ferro e pelas novas versões de Mogli e O Rei Leão.

    Na trama, um premiado chef de cozinha é demitido do restaurante que trabalhava e, para dar a volta por cima, decide viajar o país em um food truck na companhia do filho. Com um roteiro afiado e bons atores, o filme conquista o espectador não só pela parte gastronômica, mas pela história simples e cativante.

    Continua após a publicidade
    Publicidade