GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Carlos Reichenbach

O diretor de Dois Córregos e Alma Corsária escolheu cinco filmes que mudaram sua cabeça e um que revirou seu estômago

Os melhores

1. Dois Destinos de Valério Zurlini

“O italiano Zurlini foi o cinepoeta dos sentimentos mais triviais do ser humano.”

2. A Palavra de Carl Theodore Dreyer

“Este diretor dinamarquês dialogava com Deus em seus filmes.”

3. O Desprezo de Jean Luc Godard

“Godard fez o maior filme sobre o cinema e o reinventou várias vezes.”

4. Intendente Sansho de Kenji Mizogushi

“Mizogushi trouxe à tela a lenda, o mito e sua paixão pelas mulheres.”

5. A Lei dos Marginais de Samuel Fuller

“Uma aula da linguagem fílmica e livre. Fuller é o ícone do cinema pessoal e independente.”

O pior

Assassinos por Natureza de Oliver Stone

“Estimula a barbárie ao olhar a violência atual com complacência e fascínio.”