Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Cinema: Lutando sozinho

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h50 - Publicado em 30 abr 2004, 22h00

Marcel Plasse

Este filme foi tão polêmico que teve até resposta: Rio Bravo, com John Wayne. Gary Cooper ganhou o Oscar como o xerife abandonado na sua cidade no dia em que vai se aposentador e se casar (com Grace Kelly). O motivo? A chegada de um pistoleiro, com quem tem que duelar sozinho. John Wayne achava absurdo o mocinho ter seus pedidos de ajuda rejeitados. Mas o filme era uma crítica à situação de Hollywood em 1952, quando artistas tidos como comunistas eram incluídos em uma lista negra e abandonados à própria sorte. A ação se passa em tempo real – algo muito inovador – e a fotografia é belíssima.

Matar ou Morrer

Direção: Fred Zinnemann

Continua após a publicidade

Estados Unidos, 1952, 84 minutos, R$ 40

Publicidade