GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Cleganebowl: a história por trás da luta entre os irmãos de Game of Thrones

Para entender a luta do penúltimo episódio, é preciso voltar para a infância dos personagens – e saber um pouco sobre futebol americano.

Aviso: o texto contém spoilers da última temporada de Game of Thrones – em especial, do penúltimo episódio da série, que foi ao ar neste último domingo (12). Depois não vá dizer que não avisamos, certo?

O quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones, intitulado “The Bells” (“Os Sinos”, em português), pegou fogo – literalmente. Enquanto Daenerys confirmava a teoria de que se tornaria a Rainha Louca ao queimar toda Porto Real, os rumos do penúltimo capítulo da série dividiram os fãs: uns gostaram do resultado final, outros detestaram.

Divergências à parte, uma das teorias mais aguardadas pelos fãs finalmente se confirmou: o embate entre Sandor Clegane, “O Cão de Caça”, e Gregor Clegane, “A Montanha”. O confronto final entre os irmãos, apelidado de “Cleganebowl”, foi um dos pontos altos do episódio – tenha você gostado dele ou não.

A cena da luta demorou dias para ser feita. A escadaria da Fortaleza Vermelha foi construída dentro de um set de verdade, com 72 degraus, de acordo com o documentário sobre o episódio feito pela HBO. Além do figurino e dos efeitos especiais, o trabalho com os dublês foi exaustivo: o momento em que os dois irmãos se jogam do castelo envolveu uma queda de mais de 9 metros.

Outro destaque vai para a maquiagem de Gregor. O ator islandês Hafthór Júlíus Björnsson, que interpreta o Montanha (e que também é um dos homens mais fortes do mundo), acordava à meia-noite para dar vida à versão “frankestein” do seu personagem. Segundo o diretor deste episódio, Miguel Sapochnik, todo esse processo levava em torno de sete horas e meia.

Mas como toda essa expectativa em torno do duelo entre os irmãos cresceu? Para entender o Cleganebowl, é preciso voltar para a infância dos personagens – e saber um pouco sobre futebol americano.

Desafeto fraternal

Sandor e Gregor pertecem à Casa Glegane, uma casa nas Terras Ocidentais de Westeros e que serve à Casa Lannister, que de Rochedo Casterly comanda toda a região.

Há poucas informações oficiais sobre a família, muito em parte à sua recém-formação e pouca importância política. O brasão dos Clegane é formado por três cachorros de pelo negro em um fundo amarelo. Os animais fazem uma referência à origem da casa: seu fundador era o mestre do canil de Rochedo Casterly e, certa vez, salvou o nobre Tytos Lannister, avô de Cersei, Jaime e Tyrion do ataque de uma leoa.

Na briga, o primeiro cavaleiro dos Clegane perdeu uma perna e os três cachorros, mas os Lannister o recompensaram com terras e uma pequena fortaleza. Além disso, seu filho virou escudeiro de Tytos.

Os irmãos que aparecem em Game of Thrones são netos do fundador da Casa Clegane. Durante a infância, Gregor, que sempre foi conhecido por sua raiva e violência, esfregou o rosto de Sandor, seu irmão mais novo, em um braseiro. O motivo? O caçula brincava com um de seus brinquedos.

O incidente causou a Sandor cicatrizes físicas e psicológicas. Além das queimaduras em metade da face, o Cão desenvolveu medo ao fogo – característica mostrada diversas vezes ao longo da série. Ele jurou vingança contra o irmão, e a inimizade fica clara desde a primeira temporada, quando eles se encontram no torneio promovido para celebrar a nova Mão do Rei, Ned Stark (Sandor salva Loras Tyrell de ser morto pelo irmão).

As origens da teoria

A teoria de que os irmãos se enfrentariam em uma luta derradeira é antiga. Ela começou em 2013, em um fórum na internet, e ficou popular graças a um vídeo (que depois acabou virando meme) que teorizava em cima dos acontecimentos que já rolavam nos livros.

Inicialmente, os fãs acreditavam que os Clegane se enfrentariam em um julgamento por combate (igual ao do Montanha vs. Oberyn Martell, na quarta temporada). De um lado, Gregor lutaria por Cersei; do outro, Sandor reaparecia em Porto Real como o campeão escolhido para representar o Alto Pardal e seu séquito de fanáticos religiosos.

No fim das contas, Cersei cuidou do problema de forma simples: explodindo todo mundo no Grande Septo, na sexta temporada. Mas a esperança pelo Cleganebowl continuou viva. E se você está se perguntando qual a origem desse nome, a gente explica: vem do futebol americano.

No esporte, é comum que alguns jogos decisivos recebam um nome especial com o sulfixo “bowl” (“tigela”, em português), uma referência ao formato da taça de campeão e dos estádios. A final da liga profissional de futebol americano, a NFL, chama-se Super Bowl; as finais da categoria universitária, Rose Bowl.

Além disso, há uma inspiração ainda mais direta. Na história recente do futebol americano, dois irmãos, Peyton e Eli Manning, se enfrentaram em algumas ocasiões. Atuando como quarterbacks, eles jogaram três vezes um contra o outro – os fãs apelidaram estes confrontos de “Manning Bowl”. Pegou a referência?

Série vs. Livros

Na série da HBO, Sandor, interpretado por Rory McCann, e Gregor, que já foi vivido por três atores diferentes, já resolveram suas pendências de forma, digamos, poética: os dois caíram no fogo – o mesmo elemento que iniciou toda a briga entre eles.

Nos livros, ainda não é possível saber se isso irá acontecer. Na obra de George R.R. Martin, a trajetória dos irmãos é praticamente a mesma. Gregor, apesar do título de cavaleiro, é um assassino e estuprador. Antes de integrar o exército de Tywin Lannister, ele assassinou Elia Martell, princesa de Dorne e esposa de Rhaegar Targaryen (na época o herdeiro do trono), e seus filhos. Sandor, por outro lado, recusou o título de cavaleiro e, antes de deserdar, servia ao Rei Joffrey e à Sansa Stark.

No entanto, ambos estão em um momento na narrativa diferente do da série. Gregor morreu em decorrência ao combate contra Oberyn – a lança da Víbora Vermelha de Dorne estava envenenada. Nos livros, não fica tão claro que o Montanha é o cavaleiro fruto das experiências de Qyburn (lá, ele é chamado de Sir Robert Strong, algo que a série decidiu não usar).

Já Sandor tem o seu paradeiro desconhecido. O Cão é dado como morto, mas alguns personagens desconfiam que ele esteja escondido, em uma espécie de retiro para não ser encontrado. Resta saber se George irá seguir o que os produtores fizeram na série ou se dará um destino diferente aos irmãos Clegane.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s