GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Conheça as línguas mais difíceis do mundo

Em alguns idiomas, uma mesma palavra pode significar "pâncreas" e "bola". O que muda é só como ela é falada.

Em português, são raras as palavras escritas exatamente da mesma forma, mas que querem dizer coisas diferentes (como “manga” que é ao mesmo tempo uma fruta e um pedaço de uma peça de roupa). Em outros idiomas, casos assim são bem mais frequentes. São as línguas tonais, nas quais uma mesma palavra pode significar vários conceitos diferentes, de acordo com o tom com o qual ela é falada. (Para entender como funcionam, pense na frase “você quer ficar aqui”, por exemplo. Mesmo em português ela pode ser uma pergunta, uma afirmação, ou ainda ganhar sentido de desdém, de ironia, e até de deboche.) 

Nessas línguas, a entonação é tão importante que uma mesma palavra pode ter sete ou oito significados e, acredite ou não, a maior parte das idiomas do mundo funciona assim. Separamos aqui alguns dos exemplos mais curiosos:

Língua: Ewe
Palavra: “To”

O Ewe é falado por cerca de três milhões de pessoas, espalhadas por Gana, Togo e Benim. Eles usam três tons: alto, ascendente e baixo. A palavra “To”, em tom alto significa “montanha”. Em tom ascendente, significa “argamassa”. Em baixo, quer dizer “búfalo”. Sim, nada a ver com nada.

 

Língua: Lingala
Palavras: “Moto” e “Kokoma” 

No Congo, Angola e na República Africana, mais de 10 milhões de pessoas falam esse idioma que até possui influências da língua portuguesa, como mántéka, mésa e sapátu (que querem dizer exatamente isso que você está pensando). Mas há algumas palavras tonais também. “Moto” e “Kokoma” são as que merecem destaque: a primeira, falada como o veículo de duas rodas, quer dizer “ser humano” e falada como “motó”, quer dizer “cabeça”. Kokoma quer dizer “escrever”, mas quando dito Kokóma, significa “chegar”.

 

Língua: Mandarim
Palavra: “Ma” 

A língua chinesa é ainda mais complicada do que você pensava. A simples palavra “Ma” pode ter quatro significados diferentes, dependendo de como for falada. Do modo como você lê, a palavra significa “repreender”. Como se fosse uma pergunta (Ma?), quer dizer “duro”. Se você falar algo como ma-a-a (com o tom descendo e subindo), vai estar dizendo “cavalo”. E “Má”, significa “mãe”. Tente montar uma única frase com as quatro palavras e dá quase uma sinfonia.

 

Língua: Pirarrã
Palavra: “Hoi” 

Essa é do Brasil: o idioma é falado pela tribo indígena amazônica pirarrã. Ela é bem forte dentro da comunidade e não tem relação com nenhuma outra língua existente. A palavra Hoi possui significados que são relacionados: quando dito Hói, representa o número um. Quando dito Hoí, o número dois. Simples e fácil. Por que ninguém pensou nisso antes?

 

Língua: Hmong
Palavra: “Paw” 

A língua é falada na China, Vietnã, Laos, Tailândia, e possui até sete tons. Sim, a palavra “Paw” pode ter sete significados. Do jeito que se lê, significa “feminino”. Como se fosse uma pergunta, “lançar”. Fale “Paw” bem alto e você vai ter dito “bola” em Hmong. Fale bem devagar e baixo e teremos “espinho”. Em um tom que fica no meio dos dois últimos, significa “pâncreas”. Imitando a voz de um senhor de idade, você vai ter pronunciado o verbo “ver”. Por último, se você falar de um modo bem apaixonado e vibrante, terá dito “avô paterno”. Olhe pelo lado bom: você já sabe falar sete coisas diferentes em uma língua que você provavelmente nem sabia que existia.