GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Escolhas

Lançamentos do mês de novembro

André Bernardo, Karin Hueck, Levi Guimarães, Laura Folgueira

1. A volta da máfia
Nucky Thompson é o mafioso que controla a venda de bebidas alcoólicas em Atlantic City, nos EUA, durante a lei seca da década de 1920. Jimmy Darmody é seu ambicioso protegido, que quer conquistar espaço e dinheiro à custa do padrinho. E, então, Al Capone entra na história. O Império do Contrabando se passa numa época muito particular dos EUA: o fim da 1ª Guerra, a conquista do voto feminino e a ascensão e queda da lei seca. O seriado é a nova superprodução de máfia da HBO, e é dirigido por Martin Scorsese. Os capítulos realmente lembram Os Sopranos – algumas cenas são parecidas, alguns atores e roteiristas são os mesmos. Mas, considerando que Sopranos vive aparecendo no topo da lista dos melhores seriados da história, só pode ser bom sinal.

O Império do Contrabando, 17 de outubro, 22 h, HBO.

2. As crianças mudas e estáticas
Se para uma mosca assistindo ao lançamento da bomba sobre Hiroshima as pessoas pareceram imóveis, para uma vítima humana não houve sinal algum de que a morte estava próxima: “Antes que algum nervo começasse a doer, ela e seus nervos deixaram de existir”. A descrição minuciosa do sistema atô-mico e do que ele causou aos japoneses é o assunto deste livro aterrorizante.

O último trem de Hiroshima, Charles Pellegrino, 432 páginas, Leya, R$ 39,90.

3. O fim de Saramago
Ao escrever seu primeiro grande romance, José Saramago tinha quase 60 anos. Ao conhecer o amor de sua vida, 63. No início deste documentário, ele está com 84 – no auge da carreira. O filme, que registra os 3 últimos anos do escritor, mostra o dia a dia do autor escrevendo o livro A Viagem do Elefante (“Afinal, como dorme um elefante?”) e mostra o esforço sobre-humano para atender a mil compromissos (“José, o dalai-lama pede sua presença em uma comissão.” “O dalai-lama sabe que eu não creio em Deus?”). Vida de Nobel não é fácil.

José e Pilar, 5 de novembro nos cinemas.

4. Caipira é bom
Dois anos depois do último disco, o Kings of Leon lança Come Around Sundown. Em seu 5º cd, a banda formada por 3 irmãos e 1 primo prova que deixou de fazer apenas o som caipira do interior do Tennessee para ganhar o mundo de vez. E o disco tem de tudo: rock de arena, country e baladas, sempre com uma guitarra caprichadinha.

Come Around Sundown, Kings of Leon, lançamento 16 de outubro

5. O estranho Warhol
“Um artista é alguém que produz coisas de que as pessoas não precisam.” Essa frase é um dos muitos aforismos de Andy Warhol – mas, segundo esta biografia, pode nem ter sido escrita por ele, já que o artista era disléxico. Os autores entrevistaram amigos e familiares do pintor, e o resultado é um livro bem crítico. A obra mostra como Warhol forjou uma personalidade excêntrica, que fazia questão de chocar todos ao redor, e revela como algumas obras, como a lata de sopa Campbell’s, foram criadas.

Andy Warhol – O Gênio do Pop, Tony Schermann e David Dalton, 525 páginas, Editora Globo, R$ 59,90

6. Uma música clássica
Super Mario fez 25 anos e quem ganha presente é você. Pela primeira vez, transcreveram as músicas do jogo para partituras fiéis. Dá para baixar as notas de todas as melodias do jogo, da fase inicial ao fim – mas, atenção, as partituras são de um nível intermediário.

www.mariopiano.com

7. Rio Fashion Geek
A Comic-Con é uma feira americana de cultura pop, que lança filmes, séries, mangás e RPGs – sempre com um pezinho (ou dois) no mundo nerd. Pela primeira vez, ela será no Rio de Janeiro. Destaque para o italiano Milo Manara, mestre dos quadrinhos eróticos, que trará mais de 100 originais, e para o inglês Kevin O’Neill, coautor de A Liga Extraordinária. Angeli, o pai de Wood & Stock, e Laerte, de Piratas do Tietê, também estarão por lá. Os visitantes poderão participar de palestras, debates, oficinas e exposições.

Rio Comicon, 9 a 14 de novembro, Estação Leopoldina, R$ 10.

8. Olha lost aqui de novo
Aviões caindo, desaparecimentos, forças eletromagnéticas, pessoas que ninguém sabe de onde vêm. Não à toa, The Event está sendo tratado como o seriado que vem substituir Lost (achou que a gente tinha superado essa fixação, é?). Seus criadores, cientes da pressão, declararam que pretendem resolver mistérios a cada capítulo, para não frustrar os espectadores. É bom mesmo que resolvam.

The Event, 18 de outubro, 22 h, Universal Channel

9. Senna Íntimo
Este documentário britânico é meio quadradinho: mostra a trajetória do piloto, da estreia pela extinta Toleman ao acidente em Ímola. Traz alguns momentos da vida pessoal de Senna (destaque para um constrangedor quase anúncio de namoro com Xuxa no programa da apresentadora), mas tem como principal mérito um vasto arquivo das principais corridas, e também entrevistas pouco conhecidas do piloto que virou mito.

Senna, 12 de novembro nos cinemas