Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Teste de gravidez, bactérias e Porsche: 9 coisas que já rodaram o jogo Doom

O jogo da Id Software é alvo de uma missão no mundo dos games: fazê-lo rodar nas plataformas mais inusitadas possíveis. Confira algumas delas:

Por Leo Caparroz
Atualizado em 22 fev 2024, 15h44 - Publicado em 8 fev 2024, 19h42

Doom é um jogo de 1993 produzido pela id Software. A franquia já vendeu mais de 10 milhões de cópias, com várias sequências e remakes, e foi muito importante para definir o gênero de tiro em primeira pessoa (first person shooter).

Em 1997, o código do jogo original foi liberado ao público. Por causa disso, ele foi replicado em diversas plataformas: desde as mais tradicionais, como computadores, Nintendos DS e outros consoles, até algumas mais ousadas, como relógios digitais, torradeiras, caixas eletrônicos, carros e calculadoras.

Basicamente, se algo tem uma tela, pode rodar Doom. E existe uma grande comunidade de interessados em jogá-lo nos lugares mais estranhos possíveis. Confira uma lista dos 9 meios mais absurdos de se jogar Doom:

Bactérias E. coli

As Escherichia coli são bactérias encontradas no trato estomacal de animais de sangue quente – como nós, humanos. Elas têm uma relação de comensalismo amigável conosco pela maioria do tempo, mas às vezes podem causar problemas de saúde como diarreias e infecções.

Lauren Ramlan, uma estudante de doutorado em biotecnologia no MIT, usou essas bactérias para construir um monitor e jogar Doom. Para isso, Ramlan precisava transformá-las em pixels – capazes de estarem ligados ou desligados.

Primeiro, ela obteve bactérias produtoras de uma proteína fluorescente, que pode ou não brilhar conforme uma espécie de interruptor bioquímico. Então, cultivou esses micróbios dentro de uma placa de 32 por 48 buraquinhos. Cada buraco tinha uma bactéria, e cada bactéria era um pixel. 

Continua após a publicidade

Desse jeito, produzir um frame leva 70 minutos, e o tempo para as bactérias voltarem ao estado original após “acenderem” é de 8 horas e 20 minutos. A taxa de quadros de Doom original é limitada a 35 frames/segundo, e o tempo médio para completar o jogo é de aproximadamente 5 horas. Fazendo as contas, seriam necessários 599 anos para zerar Doom nas células. Haja tempo livre.

“Para rodar Doom, tudo que se precisa é de uma tela e força de vontade”, afirma Ramlan. Em um vídeo no YouTube, ela conta exatamente o processo.

Peça de Lego

O engenheiro James Brown constrói pecinhas de Lego com telas minúsculas – é um trabalho praticamente artesanal. Ele começou fazendo displays de radares e linhas de texto, mas logo surgiu a pergunta: esses mini computadores poderiam rodar Doom?

Claro que podem. Com um pequeno monitor de 72 por 40 pixels e um acelerômetro na parte de baixo, você joga inclinando o bloco em diferentes direções para andar, e toca nos pinos na parte de cima para disparar a arma. 

Caixa eletrônico

Doom já funcionou, com som e tudo, em um caixa eletrônico. Em um vídeo no YouTube, os criadores mostram o funcionamento da máquina. Eles utilizaram os botões laterais (aqueles que ficam ao lado da tela) e o teclado numérico para controlar o personagem.

Continua após a publicidade

Esteira

Quem disse que você não pode se exercitar enquanto joga videogame? Dá para aproveitar o tempo na esteira para jogar Doom. Em um post no fórum do Reddit dedicado especialmente a rodar o jogo em coisas estranhas (r/itrunsdoom), dois usuários postaram registros do game na telinha do equipamento aeróbico. Um deles foi expulso do ginásio escolar em que estava, mas o outro conseguiu gravar um vídeo da jogatina.

Doom on a NordicTrack treadmill
byu/Pit_27 initrunsdoom

Impressora

Às vezes sua impressora pode não funcionar quando você mais precisa dela. Talvez você devesse desistir de fazer ela imprimir papel e usar ela para jogar Doom. O técnico de segurança Michael Jordon hackeou a sua impressora Canon Pixma por meio de uma falha na criptografia do aparelho. Com isso, ele conseguiu fazer a impressora rodar a demo de Doom.

Continua após a publicidade

Porsche 911

Se você tem um Porsche 911 à toa na sua casa, você pode jogar Doom nele seguindo estes (não tão) simples passos: primeiro você precisa desbloquear o sistema operacional do computador de bordo do carro. Plugando um pen drive na entrada USB, você coloca o Porsche em modo “debug” e pode usá-lo como um computador normal. Assim, você pode pegar sua cópia de Doom, colocá-la no driver de CD e pronto.

O seu volante pode funcionar como um mouse, virando para um lado ou para o outro, e a sua buzina vai disparar a arma no jogo. Só tome cuidado porque o pedal de aceleração é o que move o personagem para a frente.

Teste de gravidez

Não é um menino, nem uma menina, é um assassino de demônios. O teste de gravidez que você compra na farmácia pode rodar Doom – na verdade, mais ou menos: é que o buraco do teste foi substituído por uma tela. Só que, na falta óbvia de botões para serem apertados, é preciso de um teclado externo.

Continua após a publicidade

A telinha preta e branca tem 128 por 32 pixels. A programadora responsável inicialmente rodou apenas a demo, em que o jogo se joga sozinho. Porém, ela atualizou o dispositivo para que ele se tornasse realmente jogável. Ela também conseguiu fazer o teste de gravidez exibir vídeos e letras programadas. 

Continua após a publicidade

Scanner de ultrassom

Ainda no tema de gravidez, é possível jogar Doom com uma máquina de ultrassom. O vídeo abaixo mostra o jogo rodando na máquina, com o teclado funcionando mais ou menos.

“Ele faz imagens de ecocardiograma transtorácico muito boas, mas eu não o recomendaria para jogos. A pior máquina de jogos de US$ 50 mil de todos os tempos”, escreve o responsável na descrição do vídeo.

Leitor de passe de ônibus

A fila para subir no ônibus na Avenida Paulista seria muito maior se você pudesse jogar Doom no leitor de Bilhete Único antes de passar pela catraca.

Um usuário de Reddit conseguiu acesso a uma das máquinas do sistema de transporte público de Melbourne, na Austrália. Como ela não tem entrada USB, ele teve que fazer uma gambiarra com os cabos. O jogo roda com mouse e teclado, em uma versão modificada.

Gaming on my myki reader
byu/zbios inmelbourne

Compartilhe essa matéria via:

Doom Eternal - PlayStation 4

Doom

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.