GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Da Palestina à seleção

Essa é a minha cena preferida do documentário Promessas de um Novo Mundo, do diretor israelense B.Z. Goldberg, sobre crianças palestinas e israelenses.

Denis Russo Burgierman, diretor de redação

Os dois meninos eram quase vizinhos. Daniel vivia em Jerusalém, Faraj morava no campo de refugiados de Deheishe, lá pertinho. Mas havia um mundo de distância entre eles. O apartamento de Daniel ficava num prédio de classe média, a casa de Faraj estava cercada de muros marcados de balas e ruas de terra cheias de lixo. Os dois nem falavam a mesma língua – quando o palestino Faraj resolveu telefonar ao judeu Daniel, os dois tiveram que improvisar um inglês truncado. A comunicação não foi fácil – por alguns minutos um não entendia o que o outro dizia. Daniel perguntou se Faraj gostava de pizza, o palestino disse que adorava, mas não havia pizza no campo de refugiados. Constrangimento. Até que Daniel perguntou para quem Faraj iria torcer na copa. “Brasil”, o menino palestino respondeu. “Eu também”, disse Daniel. E cada um dos meninos sorriu, relaxou e, finalmente, reconheceu que, do outro lado da linha, havia alguém como ele.

Essa é a minha cena preferida do documentário Promessas de um Novo Mundo, do diretor israelense B.Z. Goldberg, sobre crianças palestinas e israelenses. O filme está cheio desses momentos meio mágicos, em que meninos criados para se odiar de repente descobrem que podem ter alguma coisa em comum – e, com essa constatação, vem a tolerância, a compreensão, até a amizade. Adoro esse filme e nunca entendi por que ele não foi lançado em dvd no Brasil. É isso que a Super resolveu fazer agora: no dia 19 de maio ele estará nas bancas.

A historinha que eu contei ilustra também a importância simbólica do futebol. A seleção brasileira não é apenas um grupo de 22 homens talentosos de camisa amarela – é uma das maiores forças culturais do mundo, capaz de significar algo grande e importante para gente que vive em lugares mais distantes do que você consegue imaginar. É para falar desse “outro lado do futebol”, que vai muito além das 4 linhas do campo, dos esquemas táticos e dos craques, que estamos preparando uma edição especial chamada Super na Copa, cheia de histórias fascinantes. Estará nas bancas no final do mês.

Grande abraço.