GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Doces bárbaros

900 a.C. - 800 a.C.<br>Guerreiros por natureza, os celtas ocuparam metade da Europa com suas vilas tribais antes de ser atropelados pelos romanos

Texto Reinaldo José Lopes

Em algum lugar da Europa Central, provavelmente na região que hoje corresponde à Áustria, grupos tribais que já dominavam a tecnologia do ferro iniciaram uma expansão que os levaria até a Irlanda, a Portugal à Ásia Menor. Conhecidos como celtas e famosos pela ferocidade com que iam à luta nos campos de batalha, eles nunca chegaram a formar um Estado organizado. O máximo que sua índole encrenqueira permitiu foi o surgimento de confederações tribais na Gália (atual França) e em alguns outros lugares do continente europeu.

Mesmo assim, seus exércitos colocaram muitos povos “civilizados” em polvorosa, chegando perto de destruir Roma no ano de 387 a.C. A partir do século 2 a.C., entretanto, os celtas começaram a perder o controle sobre seus territórios, até serem totalmente conquistados pelos romanos. Com uma religião fortemente ligada à natureza, na qual mulheres e sacerdotes-magos conhecidos como druidas desempenhavam papel importante, as tribos celtas estão na origem da cultura e da língua de irlandeses, escoceses, galeses e bretões atuais.

ENQUANTO IS, NA ITÁLIA… ETRUSCOS

Piratas, mineradores, artistas, comerciantes… Os etruscos se destacavam em vários negócios e eram o povo mais refinado do centro-norte da Itália na época da fundação de Roma, por volta de 800 a.C. Sua língua, escrita com um alfabeto que daria origem ao nosso, jamais foi decifrada. Mesmo assim, é possível afirmar que eles foram os responsáveis por trazer avanços tecnológicos e culturais do Mediterrâneo Oriental para as cidades italianas. Os romanos, “alunos” dos etruscos, aprenderam tão bem as lições que acabaram conquistando e assimilando seus mestres no século 5 a.C.

Casinhas tribais
Onde viviam os “bárbaros” do centro e do norte da Europa

Cabana
Todas as moradias – como esta, típica dos territórios mais ao norte – eram erguidas sobre um alicerce de pedra.

Redonda
Esta habitação era dividida por várias famílias – mais ou menos como a oca de algumas tribos indígenas brasileiras.

Retangular
Depois dos primeiros contatos com os romanos, os celtas passaram a construir suas moradias com 4 ângulos retos.

Despensa
As colheitas eram guardadas longe do chão, para evitar ratos. Esse tipo de construção até hoje é comum na Europa.

Ferraria
Os celtas tinham oficinas de trabalho com chaminés, como esta, para forjar o ferro e manipular outros metais.

900 a.C.

AMÉRICAS
• San Lorenzo é destruída e La Venta vira capital olmeca.

EUROPA
• Os etruscos criam uma rica sociedade onde hoje ficam as regiões de Toscana, Latium e Úmbria, na Itália.

ÁSIA E OCEANIA
• O Código Manu – uma compilação de condutas morais – é adotado na Índia.

875 a.C.

AMÉRICAS
• O poeta grego Homero escreve as obras Ilíada e Odisseia.

EUROPA
• No Peru, os paracas mumificam seus mortos enrolando-os em finas faixas de algodão.

850 a.C.

ÁFRICA E O.MÉDIO
• O povo nok, da Nigéria, faz esculturas de barro queimado.

ÁSIA E OCEANIA
• Poemas escritos neste período serão compilados, mais tarde, no Shi Jim – a mais antiga coletânea poética da China.

825 a.C.

ÁFRICA E O.MÉDIO
• Cartago é fundada pelos fenícios no litoral mediterrâneo da África.
• No reino de Kush (atual Sudão), templos homenageiam Amon-Rá – o mesmo deus adorado pelos egípcios.

ÁSIA E OCEANIA
• Os indianos registram crenças arianas em escrituras chamadas Upanishads, que servirão de base para a futura religião hinduísta.

800 a.C.

Casal à moda antiga?
Os celtas gostavam de tatuagem e cabelo arrepiado

1. PRA-FRENTE
As mulheres celtas desfrutavam de liberdade como não se via em nenhum outro povo daquele tempo. Acredita-se que elas podiam até se divorciar do marido.

2. FAZENDA
Além de bons de briga, os celtas também eram fazendeiros. Pioneiros no uso do arado no continente europeu, batiam recordes seguidos de produtividade.

3. GUMEX
No campo de batalha, muitas tribos celtas costumavam usar uma mistura de água e gesso para “espetar” os cabelos. A intenção era meter medo no adversário.

4. BOA-PINTA
O uso de calças, e não de túnicas, diferenciava os celtas dos povos do Mediterrâneo. O gosto pelo xadrez é uma característica dos escoceses até hoje.

5. ARMAS
Os celtas eram famosos pela habilidade no combate corpo a corpo, quando as armas eram grandes escudos de madeira e espadas de ferro bem afiadas.

6. TATOOS
Tatuar ou pintar motivos de guerra sobre o corpo, com tinta vegetal, era hábito comum – sobretudo entre os bretões, celtas da atual Inglaterra.