GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Homens de Confiança – Os sombras

GRANDES FEITOS, MESMO OS MAIS MALVADOS, NÃO COSTUMAM SER OBRA DE UMA PESA SÓ. ALGUNS DOS VILÕES MAIS DESTACADOS DA HISTÓRIA ERAM CERCADOS DE UM SÉQUITO DE MALFEITORES. CONHEÇA PERNAGENS SÓRDIDOS QUE TRABALHARAM MUITO PERTO DE FAMOS DITADORES.

O braço direito – Ieng Sary
O país – Camboja
O ditador – Pol Pot

De onde veio? – A trajetória de Sary é tão parecida com a de Pol Pot que é difícil entender por que coube a ele o papel de coadjuvante – e não o de líder – na ditadura cambojana iniciada em 1975. Os dois estudaram na mesma escola, ganharam a mesma bolsa para ir a Paris, lá militaram em uma célula esquerdista e até se casaram com duas irmãs.

O que fez com o poder? – Quando o Khmer Vermelho tomou o país, Ieng Sary ficou à frente do Ministério das Relações Exteriores. Sua primeira tarefa foi convocar expatriados cambojanos para ajudar a reconstruir o país. Pegadinha: quando chegavam, eles eram conduzidos a campos de extermínio. Nem diplomatas de seu próprio gabinete eram poupados da morte, o que rendeu ao local o singelo apelido de “Antessala da Morte”.

Quem fim levou? – Está preso desde 2007, julgado culpado por crimes de guerra, por crimes contra a humanidade e pelo genocídio contra as minorias vietnamita e muçulmana no Camboja. 

 

 

O braço direito – Gideon Gono
Oaís – Zimbábue
O ditador – Robert Mugabe

De onde veio? – Graduado com distinção e louvor na Universidade do Zimbábue, Gideon Gono sempre trabalhou em bancos. Foi chamado para ser banqueiro pessoal de Mugabe até virar presidente do Banco Central.

O que fez com o poder? – Ganhou o Ig Nobel de Matemática em 2009. A proeza: “dar às pessoas um jeito simples de lidar com uma larga gama de números, emitindo notas de 1 centavo a 100 trilhões de dólares”. A piada tinha base verídica: ignorando os conselhos de economistas, Gono imprimiu uma quantidade absurda de dinheiro em 2006, causando a maior hiperinflação do mundo – chegou a 231 milhões por cento em julho de 2008. Isso levou ao colapso da agricultura e à destruição dos sistemas de saúde e educação. Ano passado, o Zimbábue ficou em último lugar no ranking de IDH do mundo.

Quem fim levou? – Continua no cargo. Mas parece estar querendo testar a paciência do amigo e chefe Mugabe. Há boatos de que Gono tem um caso com Grace Mugabe, a esposa 41 anos mais jovem do presidente.

 

 

O braço direito – Andrei Zhdanov
O país – Rússia
O ditador – Stálin

De onde veio? – Filho de uma burguesa endinheirada com um inspetor de escola, chegou a trabalhar no Exército czarista antes de abraçar o comunismo. Ironicamente, essa formação de elite foi a razão para que Stálin o escolhesse, nos anos 1930, para tratar de ciências, filosofia e cultura.

O que fez com o poder? – Pertencia à nata do partidão que podia indicar nomes de quem deveria ser punido ou executado. Mas é mais lembrado por suas políticas culturais. Criou a Doutrina Zhdanov, que pretendia eliminar influências estrangeiras e obrigar artistas e intelectuais soviéticos a alinhar seus trabalhos com a ideologia do partido.

Quem fim levou? – Era o favorito do chefe para a sucessão, mas morreu antes dele, em 1948, possivelmente por complicações ligadas ao alcoolismo. Stálin resolveu homenageá-lo postumamente dando a mão de sua filha única, Svetlana Alliluyeva, em casamento ao professor de química Yuri Zhdanov, filho do amigo. O casamento não durou nada, mas Yuri continuou braço direito do ex-sogro.

 

 

O braço direito – Musa Imhimid Kusa
O país – Líbia
O ditador – Muamar Kadafi

De onde veio? – No início dos anos 70, o líbio entregou seu trabalho de graduação em sociologia na Universidade de Michigan: um perfil do já ditador Muamar Kadafi. Foi convidado a continuar os estudos nos EUA, mas preferiu servir seu ídolo e foi nomeado embaixador da Líbia em Londres. Mas não tinha compostura: declarou que era fã do grupo terrorista irlandês IRA e que apoiava o assassinato de exilados líbios na Inglaterra. Acabou expulso da embaixada.

O que fez com o poder? – Virou diretor do Centro Mundial de Resistência ao Imperialismo, órgão que tentava exportar a revolução Líbia para outros países. Acredita-se que organizou atentados como a explosão do avião da PanAm na Escócia em 1988 e de uma discoteca de Berlim em 1986.

Quem fim levou? – Recentemente, sua relação com o chefão começou a definhar. Circulam boatos de que ele vinha sendo afastado das decisões da família e de que um dos filhos de Kadafio esbofetou em público. Em março, Kusa fugiu para Londres.