GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Novelas doidas, tipos surreais

Essas figuras sobrenaturais foram criadas por autores de novela que ousaram adicionar à trama de algumas pitadas de realismo fantástico, gênero que floresceu na literatura latino-americana nas décadas de 60 e 70.

Morto que ressuscita, “gordinha” que explode, lobisomem. Essas figuras sobrenaturais foram criadas por autores de novela que ousaram adicionar à trama de algumas pitadas de realismo fantástico, gênero que floresceu na literatura latino-americana nas décadas de 60 e 70. E que fez escola no folhetim televisivo. Clarissa Passos

COM MEDO É MAIS GOSTO

Tieta (1989/90) fez muita gente se perguntar qual seria a identidade da misteriosa Mulher de Branco, que “atacava” homens indefesos nas madrugadas de Santana do Agreste. Parece que alguns nem se importavam em topar com a criatura… que não era ninguém mais que Laura, a bela esposa do Comandante Dario, vivida por Cláudia Alencar.

AO PÉ DA LETRA

Dias Gomes apresentou em Saramandaia (1976) o maior elenco de estranhos da TV. Dona Redonda (Wilza Carla) explodiu de tanto comer. E não era só: Marcina (Sônia Braga) incendiava o que quer que tocasse quando estava excitada, João Gibão (Juca de Oliveira) tinha asas e Zico Rosado (Castro Gonzaga) sofria com as formigas que escapavam do nariz.

DURO DE MATAR

Em 1973, Dias Gomes ensaiou um flerte com o realismo fantástico ao ressuscitar o polêmico prefeito Odorico Paraguaçu, protagonista de O Bem-Amado, no último capítulo da trama. Assim, garantiu a continuação da história em 1980.

A CULPA É DA LUA

Em Pedra Sobre Pedra (1992), de Aguinaldo Silva, Sérgio Cabeleira (Osmar Prado) sofria com tamanha atração pela Lua que tinha de se amarrar a uma pilastra para não sair voando por aí nas noites de céu mais claro.

O SANTO E O LOBIMEM

Roque Santeiro (1985) também teve direito a sua cota de personagens sobrenaturais: o Professor Astromar (Ruy Rezende) virava um lobisomem nas noites de lua cheia e era obcecado pela Cláudia Raia. A música “Mistérios da Meia-Noite”, de Zé Ramalho, embalava a transformação do mestre.

Tudo sobre novelas:

http://www.telenovela.hpg.ig.com.br

http://www.tvhistoria.hpg.com.br

http://www.riopreto.com.br/araujo