GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Retrospectiva do Google retrata ano difícil; veja

 

 

“As perguntas que fazemos revelam quem somos”. É esse o mote, pertinente, da retrospectiva 2015 do Google – que destaca os termos mais buscados durante o ano. A lista é encabeçada pelos atentados terroristas de novembro em Paris: 897 milhões de pessoas buscaram informações sobre eles no Google (fazendo perguntas como “o que é ISIS?”. Em seguida, aparecem buscas relacionadas a Star Wars (155 milhões de pessoas pesquisaram), ao aniversário da rainha Elizabeth II, que este ano se tornou a monarca de reinado mais longo (100 milhões de pessoas), à crise dos refugiados na Europa e no Oriente Médio (23 milhões), à polêmica da Wolkswagen, cujos motores diesel escondiam sua real emissão de poluentes (13 milhões), e à possível existência de vida em Marte (10 milhões). 

Também aparecem tópicos como o acordo nuclear entre EUA e Irã, a chocante morte do leão Cecil, os escândalos de corrupção na FIFA e a Copa do Mundo de futebol feminino. O Google produziu um relatório detalhado sobre cada um dos temas, com explicações e gráficos que mostram o que cada grande cidade -inclusive São Paulo- pesquisou a respeito. Basta clicar nos links acima, ou acessar o site Pesquisas do Ano de 2015, para conferir. Também há um vídeo resumindo tudo, em tom um pouco mais otimista. 2015 foi um ano duro, difícil, violento. Com alguns bons momentos.