GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como criar abelhas em casa

Dá para criar abelhas no conforto do lar. E sem picadas. Faz bem para o planeta, que vai ganhar mais polinizadores, e para você, que ganha mel fresquinho

Com qual eu vou

 (Sattu/Superinteressante)

As mais indicadas são as melíponas, porque não têm ferrão. As apis (com ferrão) produzem muito mais mel, mas vão acabar picando você e incomodando seus vizinhos. Entre as melíponas, algumas das variedades mais indicadas são jataí, mandassaia, jandira, urussu ou jandaíra (que variam de acordo com a região do País).

Encaixotadas

 (Sattu/Superinteressante)

As colônias para criação doméstica vêm dentro de uma caixa de madeira (20 cm de largura por 60 cm de altura). A caixa custa entre R$ 200 e 400 e você pode comprar em universidades, meliponários ou de alguém que já tenha uma caixa e esteja formando uma nova colônia (veja no rodapé).

1. Por dentro

As caixas são divididas em três andares.

2. Entra e sai

Embaixo fica a entrada, com um buraco para que as abelhas possam ir e vir para fazer a polinização.

3. Seu doce mel

E em cima ficam as melgueiras, com os potes de mel fresquinho, que as próprias abelhas fazem de cera.

4. Rainha

No meio ficam os discos de cria. É lá que elas se reproduzem e onde mora a rainha.

Comida na boca

 (Sattu/Superinteressante)

O mel é o alimento das abelhas em meses de escassez, frio ou seca. Por isso, é bom fornecer um pouco quando a colônia é nova, para dar uma força. Coloque duas tampas de garrafa com mel dentro da melgueira e apoie um palito de dente em cima. Assim, as abelhas têm onde se apoiar para pegar a comida, sem ficar grudadas.

Nas alturas

 (Sattu/Superinteressante)

Não é só você que gosta de mel, as formigas também são vidradas. Por isso, deixe sua caixa em lugar alto. Ela pode ser pendurada como um vaso de planta ou ficar em cima de um suporte (passe graxa de motor na base para dificultar a subida das formigas). Vale ainda vedar cada um dos andares da caixa com fita adesiva, o que protege da água dos temporais.

Crescei e multiplicai-vos

A cada três meses, elas se reproduzem tanto que formam uma nova colônia. Para separar a caixa nova, você vai precisar da ajuda de um profissional. Ele vai separar os discos de ninho e encontrar a nova rainha. Na segunda vez, você pode fazer o processo sozinho.

Sem sede ao pote

 (Sattu/Superinteressante)

Ao pegar o mel nas melgueiras, use uma seringa e tome cuidado para não danificar os potes. Elas também se alimentam de mel, então divida a produção. Ao abrir a caixa, elas vão voar na sua direção: cuidado para não matá-las.

Fontes: Marcos Ninguém, permacultor responsável pelo Projeto Abelhas Urbanas; Manual Tecnológico Mel Abelhas Sem Ferrão; Paula Silva, criadora.