GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Pêlos cheios de óleo dão perfume às flores

Em que região da flor é produzido o perfume? Qual a função dele?

Não há um lugar específico que produza o cheiro. O aroma vem dos óleos fabricados por glândulas localizadas em pêlos microscópicos que se distribuem por toda a flor. Mas é mais comum encontrá-lo nas pétalas e nas sépalas, aquelas folhinhas que formam o chamado cálice da flor (veja no infográfico). “Esses óleos são muito voláteis, ou seja, dispersam-se facilmente pelo ar, espalhando o odor”, explica o botânico Gilberto Kerbauy, da Universidade de São Paulo. A principal função do perfume é atrair os insetos que vão ajudar na fecundação da planta. “Existe um caso interessante, o da orquídea amazônica chamada Cattleya eldorado”, diz o botânico Eduardo Catarino, do Instituto de Botânica, em São Paulo. “As abelhas vão a ela só para pegar um pouco do seu perfume.” O inseto arranha a base das pétalas, onde há bastante quantidade de pêlos, e fica impregnado com a fragrância. Graças a ela, consegue atrair a atenção da sua parceira. Só que a abelha, passando por várias orquídeas da mesma espécie e carregando pólen de uma para outra, acaba contribuindo para a fecundação delas.