Clique e assine com até 75% de desconto

Remédios da floresta

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h58 - Publicado em 22 jul 2009, 22h00

Com uma cultura milenar, as tribos de Papua-Nova Guiné, na Oceania, aprenderam a usar um grande número de plantas como remédio. Não somente para tirar a dor ou para desinfetar ferimentos. E poções para baixar a febre e contra a malária são extraídas da floresta. Impressionados, cinco farmacologistas franceses decidiram estudar as drogas dos curandeiros. Para descobrir como os vegetais curam, passaram oito meses na selva, colhendo amostras. A Piper clavibracteatum, por exemplo, é uma trepadeira eficaz contra a febre e contra a malária. Também tem efeito analgésico. A casca do tronco da árvore Euphorbiacea omphalea é outro recurso natural usado para prevenir a malária. Os estudos mal começaram, mas já se descobriram algumas pistas sobre a casca da Harpulia ramiflora radik, usada contra fungos. Ela teria esse efeito por conter a substância saponina, dizem os franceses.

Publicidade