GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Você, Indiana Jones de sofá

A Universidade de Bradford, no Reino Unido, montou um site para que todo mundo possa brincar de arqueólogo. Fotografou em alta resolução o lago Turkana, no Quênia, onde foram encontrados vários resquícios dos nossos ancestrais, e botou online para qualquer um encontrar fósseis. Funciona assim… ALF

1. Qualidade

Primeiro, decida se a foto está boa ou ruim. Algumas ficam borradas ou escuras, ou mal se vê o chão. Elimine as ruins.

2. Quantidade

Em seguida, analise o grau de erosão do solo pela quantidade de pedras: fósseis costumam se formar em locais de alta erosão.

3. Classificação

Minerais específicos indicam locais de atenção. O site explica como reconhecê-los e você só precisa marcá-los. O arenito, por exemplo, é rico em fósseis.

4. Bingo

Chegou a hora de marcar um fóssil, o que é muito raro. Se você não tiver certeza, marque a opção “pode ser algo”. A partir dos relatos dos usuários, pesquisadores decidem onde vale a pena procurar fisicamente.

5. Você ainda pode conversar com outros exploradores virtuais, para trocar experiências. Segundo o site, nenhuma descoberta foi feita (ainda). Seja o primeiro: fossilfinder.org

Leia mais:
Pessoas legais ganham menos dinheiro
Os 20 mais ricos do Brasil têm tanto dinheiro quanto 17 milhões de pessoas da classe média