GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como é o Expresso do Oriente?

Saiba como é o Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

A Venice Simplon Orient Express é uma requintada linha de trens que cobre vários trechos na Europa.

O nome foi herdado do antigo Expresso do Oriente, operado pela Compagnie Internationale des Wagons-Lits entre 1883 e 2009 e que teve suas atividades encerradas por causa dos trens de alta velocidade e do barateamento de tarifas aéreas. Associado a viagens de luxo, o trecho mais famoso partia de Paris para Istambul – limite entre os continentes europeu e asiático e porta de entrada para o Oriente.

Atualmente, a viagem, de seis dias, custa em torno de US$ 10 mil.

LEIA TAMBÉM:

– Qual é o trem-bala mais rápido que existe?

– Como funcionam os trens que flutuam sobre os trilhos?

– O que é o trem da morte?

– O que foi o “assalto ao trem pagador” na Inglaterra?

Oriente-se – A bordo do trem de passageiros mais famoso do mundo

Ponto de encontro

Um dos vagões foi projetado e decorado como um bar. O clima aqui é mais informal e intimista do que no restaurante, com mesas menores e mais aconchegantes. O destaque do ambiente é o piano no tamanho Baby Grand.

Cama, mesa e banho

Todos os aposentos são suítes, ou seja, além de camas, têm um lavabo privativo. As camas são retráteis e, durante o dia, podem estar embutidas nas paredes ou nos sofás. A vista é valorizada por imensas janelas de vidro – nas cabines e nos corredores dos vagões de dormitórios.

Serviço de bordo

Disponíveis 24 horas e acionados ao toque do sino que há nas cabines, os comissários de bordo ficam espalhados pelos vagões do trem. Eles cuidam das bagagens e dos documentos do passageiro, além de arrumar o quarto e servir o café da manhã.

É festa!

Pagando mais caro, dá para reservar vagões de restaurante – ou até o trem inteiro – para celebrações e jantares particulares de gala, com menu personalizado e tudo. Para entreter os convidados, é possível contratar fotógrafos, músicos, caricaturistas e mágicos.

Cowabunga!

O trem já foi cenário do romance Assassinato no Expresso do Oriente, de Agatha Christie, e das aventuras de Van Helsing, James Bond e Tartarugas Ninja.

Fontes: orient-express.com e npr.org