Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como ocorre a camuflagem do camaleão?

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h19 - Publicado em 18 abr 2011, 19h00

O mimetismo é a capacidade de imitar o ambiente, para se confundir com ele. O camaleão faz isso trocando de cor, porque consegue controlar a concentração de pigmento nas células de sua pele. Tais células têm formato estrelado, com ramificações que se distanciam do centro. Ao longo delas, existem microtúbulos para carregar o pigmento do núcleo para as extremidades. Há vários tipos de pigmentos, formando cores diferentes. Dependendo da situação, os microtúbulos carregam determinado pigmento para as ramificações das células, alterando a cor da pele do bicho. Os fatores que provocam a mudança vão da defesa do território contra um macho rival à camuflagem para fugir de um predador ou se aproximar de uma presa. “Passar de uma planta verde para outra florida também pode desencadear o mimetismo”, diz a bióloga Maria Aparecida Visconti, da USP. Além do camaleão, outros lagartos, lulas e polvos também podem mudar de cor rapidamente.

Publicidade